Zagueiro Rodrigo fez a alegria da Nação Esmeraldina no Serra Dourada 23 setembro 2013 RODRIGO

“O zagueiro Rodrigo que já havia feito um gol na vitória do Goiás sobre o São Paulo no primeiro turno, voltou a marcar diante do seu ex time, em uma cobrança de falta que mais parecia um míssil.”

O São Paulo começou melhor no jogo, com mais iniciativa para ir ao ataque. Com tranquilidade e confiança, o Tricolor Paulista teve sua melhor chance no primeiro tempo logo aos 7 minutos. Ganso deu belo passe para Welliton, que driblou o goleiro Renan, mas ficou sem ângulo e chutou para longe do gol. O time de Muricy continuou priorizando a posse de bola e teve outra boa chance com Paulo Miranda. Aos 11, o zagueiro chegou de surpresa dentro da área e chutou para grande defesa de Renan.

Depois disso, só deu Goiás. Walter parou em Rogério Ceni duas vezes no mesmo lance. Aos 15 minutos, o atacante recebeu dentro da área e desviou em cima do goleiro. E, no rebote, chutou para nova defesa do ídolo são-paulino. Walter ainda teve outras duas chances para abrir o placar: em uma (23 min), chutou de longe e quase fez por cobertura. E aos 38, recebeu cruzamento de David e cabeceou para outra defesa de Rogério.

Primeiro tempo terminou com o Goiás em cima, com Hugo desperdiçando mais uma chance. O meia dominou livre dentro da área e parou em Rogério Ceni, grande nome dos primeiros 45 minutos.

A Segunda etapa começou como no início do primeiro tempo: São Paulo tentando ter o domínio do jogo e da posse de bola. Mas o Tricolor Paulista não conseguiu transformar em chances claras e aos poucos o time goiano conseguiu equilibrar a partida.

Ao contrário do 1º tempo, no segundo poucas chances claras foram criadas. A melhor do Goiás foi aos 18 minutos novamente com a participação de Walter. O atacante chegou antes de Ceni, cruzou para Araújo, o jogador arriscou um voleio, que foi parar nas maõs do goleiro tricolor.

O jogo seguiu equilibrado, parecendo que iria terminar em empate. Até que aos 45 minutos, o zagueiro Rodrigo, ex-São Paulo, chutou forte em cobrança de falta e Rogério Ceni não segurou. Não teve tempo para reação são-paulina.

1 Comentário Quero comentar!

  • uh tá subindo o foguete esmeraldino ♪
    esse goiás só me dá orgulho. aguarde por nós g4

    Comentário by esmeraldino hasta la muerte — 23 de setembro de 2013 @ 14:57

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário