Wagner Lopes comandou o primeiro coletivo com vistas a estreia no Goianão 28 janeiro 2015 IMG_20150127_171250611

Os comandados de Wagner Lopes fizeram a bola rolar ontem a tarde no Ct Parque Anhanguera para o primeiro coletivo do Verdão nessa temporada 2015. Nesse primeiro trabalho, o comandante Esmeraldino posicionou o time que deverá iniciar a partida diante do Trindade, sábado, 31/01, 19:30 No Estádio Haile Pinheiro. O coletivo começou com Renan, Jonathan, Junior Lopes, Felipe Macedo e Diogo Barbosa, Rodrigo, Davi, Esquerdinha, Bruno Henrique, Rhuan e ERik.

Felipe Menezes treinou entre os reservas, o treino foi de muita pegada e correria, o time considerado titular fez o primeiro gol, através de Bruno Henrique que aproveitou uma bela triangulação de jogadas entre Esquerdinha e Davi. O time reserva empatou o coletivo, Felipe Menezes fez boa jogada e Paulo empatou.

O treino seguia normalmente até que o lateral esquerdo Diogo Barbosa teve uma entorse no tornozelo e saiu mais cedo, ele passa a ser dúvida para a partida diante do Tacão; Felipe Saturnino ocupou o seu lugar no restante do trabalho.

Esquerdinha foi outro que saiu mais cedo das atividades, após uma dividida com o zagueiro Alex Alves, mas o atleta não deverá ser problema para a estreia. Em seu lugar, Wagner Lopes colocou Felipe Menezes. Carlos Eduardo, um dos destaques do Verdinho na Copa São Paulo também treinou entre os titulares na segunda parte dos trabalhos.

Ao final do treinamento nada de descanso. Wagner Lopes pediu para que todos treinassem finalizações. Paulo teve um bom aproveitamento, enquanto Wellington Junior e Liniker não agradaram.

Jogadores como; Ramon e Walmir Lucas apenas deram voltas no gramado, Ramon não tem previsão para ser liberado do departamento físico para o técnico.

Quem esteve acompanhando o primeiro coletivo do ano, foi presidente do Conselho, Haile Pinheiro. Haile esteve todo o tempo ao lado de Harlei e viu toda a movimentação do dia. Haile chamou separadamente o meia Felipe Menezes e conversaram por alguns minutos. O presidente do conselho ainda brincou com vários jogadores na saída do treinamento, Erik foi um deles.

Sobre a renovação de contrato com o Goiás, Esquerdinha foi bem evasivo, “Tenho contrato até Maio, tenho vontade de ficar, estou me adaptando cada dia mais à cidade e ao clube.” disse. Perguntado se existem entraves para a sua permanência, o jogador respondeu; “Quando vim pra cá, o Goiás não teve custo nenhum junto ao Ituano. Cheguei até a forçar a minha saída junto a alguns diretores do time, penso que agora o Ituano não irá me liberar sem levar algum dinheiro nessa transação.

Por: Felipe Calixto “O Repórter Família”

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário