Vamos Praticar O Perdão! 27 maio 2015 GRACIANO ARANTES

Isso mesmo, amigo irmão esmeraldino (sofredor)! Está na hora de perdoarmos o clube e vestirmos o manto sagrado com todo o carinho que temos.  Não podemos deixar de sermos torcedores, fieis, e também “conscientes” neste momento tão especial.

Temos um presidente que não sabe gerir futebol, porem, faz do clube uma empresa séria e livre de dívidas descontroladas. Vemos claramente que a tendência do futebol brasileiro é o colapso financeiro ou o saneamento de dívidas. Neste aspecto, o Goiás Esporte Clube sai na frente, pois é o primeiro clube do país a estabelecer teto salarial verdadeiramente baixo para o mercado da bola, ao mesmo tempo em que forma seus atletas dentro de casa. A partida passada contra o Palmeiras mostrou isso, com metade do time de moleques da base, garotos vindos de outros clubes e algumas apostas de clubes menores.

O Goiás é revelador por excelência e se existe alguma (quase) perfeição no trabalho do “Helião” é sua capacidade de revelar bons jogadores e trazer verdadeiras perolas ao time. Praticamente todos os jogadores que vieram de sua indicação vingaram dentro de campo, perante a nossa desconfiada torcida.

A CBF exige valor mínimo de ingresso em R$40,00 e quanto a isso sou terminantemente contra, pois tira muitos torcedores do estádio, que foi construído para suportar milhares de pessoas. Sendo assim, o maior prejudicado acaba sendo os clubes que perdem em muito em torcida presente nos jogos. Torcedores humildes nem se fala… mas, sendo assim, é melhor jogar o jogo e aproveitar as imensas vantagens do Nação Esmeraldina e ajudar o clube a crescer.

Existe uma boa leva de torcedores aguardando para que finalmente, em 2016, com as contas em dia, sem adiantamentos da Globo e o Nação Esmeraldina em alta, possamos realmente ver se os donos do clube vão ou não levar nossos anseios por competitividade a sério. Portanto, amigo irmão esmeraldino sofredor, perdoe o “Verdão Véi da Serra” e se possível, faça o Nação!

Cá entre nós:

- O movimento “Vem pra rampa” conquistou algo memorável na final do goiano passado, praticamente obrigando a diretoria dar uma resposta rápida à torcida. Naquele momento ficou bem claro o nosso poder frente ao clube.

- Tenho a impressão de que o Helião chegou no Bruno Henrique e disse: “Vá lá moleque, jogue sem compromisso, apronte pra cima dos caras!”

- Renan = Craque!

****************************

Esmeraldino também pratica cultura musical, faça o curso de violão do Professor Graciano e tenha 100% de satisfação! 8162-4841

Tags:,

1 Comentário Quero comentar!

  • Podemos até perdoar isto ou outra coisa, mas acredito que a maioria da torcida não perdoa aquele Goiás 0 x 3 Santos. Aquilo sim foi um desrespeito ao torcedor que tanto que uma vaga na Libertadores.
    Não saberíamos o que iria acontecer se o Verde estivesse na competição internacional, mas… Era o desejo dos Esmeraldinos.

    No geral, ah sim de se perdoar o que o mandatários do clube estão fazendo. Eu sou um daqueles que esperam 2016 começar logo. Vamos ver no que dá.

    Abraço Graciano!!!
    Boa desenvoltura no texto. Admirável ver você escrevendo.

    Comentário by Alexandre Lima — 27 de maio de 2015 @ 17:58

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário