Uma verdadeira torre de babel 3 agosto 2016 Babel

Já preceituava a  Lei de Murphy: “…nada é tão ruim que não possa piorar…”

Pois bem, no Goiás Esporte Clube, a regra é seguida à risca.

Fontes do site Família Esmeraldina – conselheiros mesmo! – garantem que após a demissão de Felipe Ximenes, o querido parceiro de Edminho Pinheiro, este não foi mais à sede do Goiás. Disse ter lavado as mãos e está em fase de “belém-belém” com o presidente executivo Sergio Rassi e também com o seu tio Hailé Pinheiro, presidente do Conselho Deliberativo.

Não compactuamos com a divulgação de fofocas ou fatos desnecessários, que poderiam prejudicar o clube, contudo, esse é um acontecimento grave e de importância cabal para os destinos do Goiás em 2016. A notícia é que o testa de ferro Ximenes, queria passar em cima de ordens superiores, inclusive do Rassi, e diante disso, Hailé interviu para determinar – após uma espécie de reunião secreta – a demissão do referido diretor. Evidentemente, Edminho reagiu à demissão de seu “pupilo” e acabou por se intrigar com o próprio tio e toda a diretoria, se furtando a dar a sua “contribuição” ao clube verde.

Não nos pergunte que espécie de “contribuições” seriam essas. Não sabemos. O quê podemos garantir é que Edminho, neste momento, não apita no intra-muros da serrinha.

Como se não bastasse todo sortilégio do clube nessa temporada, uma agremiação dirigida como se fosse uma empresa familiar, agora tem brigas internas entre os próprios comandantes. Se estava péssimo sem brigas, a tendência agora é piorar de vez, visto que aqueles denominados insatisfeitos poderão organizar mecanismos para levar muitos dos projetos ao fracasso. É ou não é para “acabar com os piquis do Goiás” como popularmente se diz nesse território!?!?

O destino final – a série C – se aproxima a passos largos, em velocidade absurda. Infelizmente.

Reportagem Cícero JR com a colaboração de Juninho BILL

* Torre de Babel, Livro do Gêneses, Bíblia sagrada. De acordo com este livro, a torre teria sido construída na cidade de Babel, capital do império babilônico, pelos descendentes de Noé na época em que o mundo inteiro falava apenas uma língua. A soberba dos homens – que queriam fazer uma torre tão alta capaz de alcançar os ceús - e se empenharem na empreitada de alcançar o mundo dos deuses teria causado a fúria de Deus. Em forma de castigo, Ele teria causado uma grande ventania para derrubar a torre e espalhado as pessoas sobre a Terra com idiomas diferentes, com a finalidade de confundi-las.

Tags:, , , , ,

5 Comentários Quero comentar!

  • se isso for verdade, é uma ótima noticia pois esse pintadinho so faz merda

    Comentário by tales — 3 de agosto de 2016 @ 20:39

  • Prezados,

    eu não considero má notícia o afastamento do Edminho Pinheiro do comando esmeraldino. Considero o que está ocorrendo o potencial início de um futuro melhor para o Verdão e toda a sua torcida.

    Em termos de possibilidades de acesso à Serie A, o ano de 2016 é um ano perdido para o Verdão. Não há chances de subirmos. O planejamento existiu! Mas foi feito por gente incompetente no ramo futebolístico. E isso vem acontecendo há muito tempo no Verdão.

    Mas esse racha na cúpula esmeraldina pode servir de alento, caso venha acompanhado de uma possível abertura para um melhor e mais promissor futuro presidente do clube. Digo isso pois, atualmente, todos os pleitos eletivos do Verdão são cartas marcadas. Só vence quem é puxa-saco do seu Hailé.

    Quero acreditar que a Perestroika Esmeraldina esteja chegando, ou seja, quero crer que a reestruturação esmeraldina esteja chegando. Eu, inclusive, penso que o melhor é não subirmos para a Série A neste ano, pois, com os atuais dirigentes que temos, seremos um grande saco de pancadas Verde na Série A, haja vista que já somos saco de pancadas Verde na “fortíssima” Série B.

    Torço para que esse processo de racha no Verdão se acentue e que os conselheiros esmeraldinos comecem a pensar com suas próprias cabeças e almejem o que é de fato melhor para o Verdão, pois o atual modelo de administração dos Pinheiros está saturado e ultrapassado há muito tempo. Os números não mentem! É só ver a performance do Verdão a partir de 2007. É fiasco sobre fiasco. São rebaixamentos humilhantes… é o Serra Dourada cada vez mais vazio!

    Comentário by Almir — 3 de agosto de 2016 @ 20:59

  • Ok, amigo Almir! Concordo plenamente!
    Vc só esqueceu de avaliar que o sujeito insatisfeito pode iniciar um processo de desconstrução, minar contratações e tentar frustar outros projetos.
    E creia: quem ficou no comando receia que isso pode ocorrer.

    Comentário by cicerojr — 3 de agosto de 2016 @ 21:09

  • É verdade sim, Tales! Não noticiaríamos, se houvesse alguma dúvida!!

    Comentário by cicerojr — 3 de agosto de 2016 @ 21:12

  • Caros colegas esmeraldinos, na minha opinião esse “racha” na diretoria não traz esperança alguma de dias melhores, aliás eu compararia analogicamente à situação de escolher entre morrer afogado ou queimado, ou seja, qualquer um deles (HP ou Edminho) sónos conduzirão a mais desastres…
    Na verdade, a única saída é a torcida se unir e organizar em prol de protestar e exigir a saída destes incompetentes…

    Comentário by Gustavo — 4 de agosto de 2016 @ 3:32

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário