Uma festa de arrepiar. Um futebol medíocre. 16 março 2016 bateria

Pouco futebol e muita chuva. Assim definimos o quê foi o sábado (12/03) de clássico em Goiânia. O Goiás foi dominante no primeiro tempo e algumas partes da segunda etapa, porém não fomos capazes de balançar as redes atleticanas. Em alguns lances tivemos falta de sorte, e em outros falta de calma e pontaria. Daniel Carvalho faz muita falta ao time esmeraldino, mas, não podemos ficarmos ‘reféns’ de um meio campo. Deveríamos sim, ter peças de reposição para todas as posições.

O time conseguiu encaixar dentro do padrão de jogo de Enderson Moreira, e por isso, foi bem na primeira etapa. No segundo tempo, o time perdeu o fôlego e uma vez mais o assunto “preparo físico” veio à tona. A equipe – que muitas vezes ganhava os jogos no segundo tempo – proporcionando um show fisicamente nos adversários, hoje é o contrário. Joga bem no primeiro tempo, contudo, na metade do primeiro tempo há uma queda brusca de rendimento, inclusive com os garotos de 18, 19, 20 anos… Penso que isso é inaceitável para um clube com a estrutura do verde.

Por falar em forma física, devemos nos atentar aos nossos novos jogadores, Cléo e John Clay. Devem estar em forma até o fim do mês, afinal jogador não faz nada além de treinar e jogar, e no caso desses dois, eles atuam em posições carentes no elenco esmeraldino, principalmente no meio com o Jhon Clay. O torcedor tem nele uma esperança para ser o diferencial no meio esmeraldino, na ausência de DC-10 ou mesmo quando ele se cansar. Necessário que ele faça o pivô no ataque, como vem sendo nos jogos do verde até então. Muita coisa deve ser organizada nesse Goiás 2016, temos que analisar as contratações e já programar as próximas. Algumas das peças que chegaram, não corresponderam e ainda estão devendo bastante para o torcedor alviverde. Isso é fato, já que nenhuma das atuações desse ano empolgou o torcedor!

Quanto a festa da bateria, das faixas e volta da torcida organizada, foi indescritível. Que entusiasmo, que torcida… só quem presenciou pode ter a dimensão disso. Foi uma injustiça com a bateria ritmo puro tanto tempo de suspensão, mas enfim, ela voltou para a alegria de todos os esmeraldinos.

Este Portal quer parabenizar a todos os componentes desse projeto nas pessoas de Cleomar Marques, Carlos Alberto (Calzabé) e Silvio Junior.

Sintam-se todos cumprimentados e abraçados pela Família Esmeraldina!!

Paulo César

 

Tags:, , , ,

3 Comentários Quero comentar!

  • Viva a DUPRA

    CRÊY e CRÉU.

    Comentário by Juninho BILL — 16 de março de 2016 @ 14:20

  • Realmente, só quem estava lá tem noção do quanto foi show. Mesmo na hora do gol dos patéticos abafamos os gritos deles, entoando um estrondoso “verdão ôÔh”

    Comentário by Pennélope — 16 de março de 2016 @ 14:43

  • Em relação a volta da bateria sem.palavras ….
    Agora sobre o jogo sem explicações. Nos resta esperar agora essa tal “drupra” créy e créu” ….
    Vamos pra cima Verdão…

    Comentário by Lud — 16 de março de 2016 @ 15:32

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário