Um novo rumo na série B 24 junho 2016 Goiás treino - Condé

Finalmente depois de vários dias de derrotas, desgostos e decepções com o Goiás, conseguimos ver as vitórias voltando aos poucos para o nosso time e pelo menos a vontade de cumprir a obrigação do acesso vem se tornando mais clara. É difícil falar nesse tema depois de um começo tão ridículo e vergonhoso para um clube da grandeza do nosso, mas é ainda o nosso objetivo e estamos reagindo e na hora certa.

Léo Condé conseguiu fazer o que Enderson não conseguiu. Unir o time verdadeiramente em campo e dar apoio à todos os jogadores que estavam sendo jogados na fogueira em cima da hora por amadorismo da nossa diretoria de futebol, que não consegue contratar ninguém. É notável que o nosso presidente não sabe o que fala lá dentro e nem mesmo os jornalistas que tem acesso às informações sabem o que acontece de fato lá dentro.

O Goiás é uma bagunça. Vivia se falando que Felipe Ximenes seria demitido, pois não estava agradando, porém, dias depois de algumas vitórias, misteriosamente “se esqueceu” disso e Sérgio Rassi disse que  Ximenes estava trazendo uma gestão moderna para o Goiás. Onde está a coerência nisso? É tão difícil perceber que o motivo das vitórias tem “Léo Condé” no nome? Onde Ximenes leva crédito nisso?

Para não me estressar muito, eu não vou me estender mais denegrindo essa diretoria amadora e enganadora. Deixe que eles sujem o nome deles sozinhos. Meu foco como torcedor e colunista do Goiás é o momento do time, que graças a Deus, está sendo salvo. Estamos vendo jogadores com raça em campo e com vontade de vencer. Percebi uma melhora enorme no Rossi, Léo Sena, Cassiano, William e até no Jhon Clay. O Departamento Médico está se esvaziando também. Léo Lima já volta pro clássico. Carlos e Juninho já estão à disposição também. Daniel Carvalho logo estará de volta, assim como Cléo.

E os reforços? Bom, precisamos sim de reforços, mas como isso é um trabalho da amadora direção esmeraldina, eu não vou falar muito disso. É raro vivermos um bom momento com o Goiás e não vou deixar que esses dirigentes estraguem o nosso bom momento e nossa empolgação. Só digo uma coisa: Se não conseguiram trazer o Toró, não vão trazer nem o chuvisco.

Vou ao Serra mesmo com a direção do clube vermelho invejoso colocando preços altos. Não ligo. Estive com o Goiás em todos os maus momentos e estarei com ele agora, nesse bom momento. E que respiremos novos ares.

Wagner Oliveira

Foto: goiasec.com.br

Tags:, , ,

1 Comentário Quero comentar!

  • Muito boa sua coluna Wagner, acredito piamente que nos torcedores deveríamos abraçar o time independente dos desmandos que nossa atual diretoria fez e ainda fará, pois o Verdão estando bem ou mal eternamente serei Goiás, me sinto mal quando vejo por aqui ou em outras mídias a “esculhambação” gratuita promovida pela imprensa vermelha e por alguns ditos torcedores do verde, que na verdade são mistos, aqui denegrindo nossos jogadores e esses são os mesmos que quando o time ganha esta ai sorrindo de orelha a orelha.
    Saudações Esmeraldinas!!

    Comentário by tales — 24 de junho de 2016 @ 17:07

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário