Um incrível sonho de aniversário… 3 abril 2016 sonhos

Os sonhos revelam o quê vai na alma de cada ser humano que habita a terra nesse momento, consciente ou inconscientemente. Os sonhos nos fascina porque são enigmáticos, complexos e navegam por um mundo paralelo que nem a ciência e nem tampouco a metafísica conseguiram – até hoje – encontrar explicações plausíveis…

Não é possível convidar quem amamos para viajar conosco nos sonhos, por exemplo, como fazemos quando queremos mostrar àquela pessoa, a casa ou apartamento, chácara, escritório ou mesmo um carro ou uma simples motocicleta que acabamos de adquirir. Nos sonhos não podemos levar ninguém para ver o violão novo ou mesmo mostrar a nova batida ou acorde que houvéramos aprendido na última madrugada. Os sonhos são viagens obrigatoriamente solitárias… infelizmente.

Entro tanto na pilha na semana de aniversário do Goiás Esporte Clube, que além de trocar avatar em redes sociais, compro bolo temático e ainda faço churrasco para comemorar o dia verde. Porém, quando encosto a cabeça no travesseiro, vem a melhor parte!

Sonhei muitas vezes com um final diferente na “Batalha de Avelaneda”, onde o Goiás voltava da Argentina trazendo a taça de campeão sul-americano de 2010… Inúmeras outras vezes, nem Júnior Capacete, nem Renato Gaúcho e nem tampouco o goleiro Zé Carlos – debaixo de um dilúvio no Serra Dourada – evitavam que o atacante “Túlio Melancia” fizesse o gol do título da Copa do Brasil nos idos anos noventa. Minhas memórias e reminiscências voltam àquele dia e os sonhos – ah, sempre os sonhos! – me transportam, como se fosse uma máquina do tempo, àqueles fatídicos dias…

Na noite passada, iniciou-se mais uma série de viagens confusas e embaralhadas, das quais lembro apenas dos fragmentos mais importantes. Desta vez – em razão de punições oriundas do STJD – o verde mais lindo do mundo desembarcava em Palmas/TO, o local que escolheu para fazer o jogo final da Copa do Brasil de 2016. Bandeirolas, carreatas, foguetório, estádio reformado e com capacidade ampliada, imprensa em fervorosa, afinal era o evento esportivo na década na cidade. Mas eu sempre sou o protagonista do próprio meu sonho, e por isso, aparecia como um repórter de campo, tímido e acuado por estar próximo de tantas estrelas televisivas e radiofônicas, mas também por um nó que teimava em não sair da garganta por estar tão próximo dos atletas que poderiam dar ao “meu Goiás” – apenas meu naquele momento(!) – o maior título de todos os tempos.

O jogo começou, a emoção era incrível… Contudo, como se houvesse um apagão – sabe-se lá porque o meu cérebro ou os “deuses dos sonhos” fizeram isso – a partida para mim, acabou! Num zás, num passe de mágica, fui teletransportado para outro jogo, outra cidade, outro país… Antes de acordar, pude visualizar as manchetes dos jornais do outro dia: “Festa verde em solo tocantínio!”

*********************                        *********************                         *********************

13742-foto1Quanto ao jogo contra o Itumbiara ocorrido na tarde de ontem (02/04), válido pela 14ª rodada do campeonato goiano, mesmo sem precisar se esforçar tanto, o Goiás dominou completamente o gigante da fronteira e venceu por 2 a 0 . Wagner e o mascarado Rafhael Lucas marcaram no segundo tempo. Pela primeira vez em 2016, o Goiás Esporte Clube venceu por dois gols de diferença no Estádio da Serrinha.

Juninho e Rafhael Lucas forçaram e conseguiram receber o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão na próxima rodada. Vão entrar zerados na fase final. Já Patrick, Wendel e Sueliton seguem pendurados com dois.

 

Foi um jogo sem sustos. O alviverde praticamente não foi ameaçado pelo Itumbiara durante toda partida. A equipe vem evoluindo, não resta dúvidas, contudo, em certos momentos demonstrou seu nítido desinteresse pelo jogo, certamente face à sua classificação antecipada. Caso consiga atingir o ápice nos jogos finais, será o ideal. Essa primeira fase tem o intuito – para o Goiás – de servir de testes e o técnico Enderson Moreira tem feito isto. O time – mesmo faltando algumas peças pontuais – é o melhor do torneio, disparado na frente, liderança absoluta. Para o campeonato regional, é suficiente…

Isso é tudo, por hoje, Família Esmeraldina! Até domingo que vem…!!

Juninho Bill

(Foto: Rádio Rio Vermelho)

 

Tags:, , , , , , ,

2 Comentários Quero comentar!

  • Topissimo sua coluna viu ,show de bola, sensacional….
    Quero bolo,kkkkkkkk……
    Verdão Parabéns pelo os seus 73 anos
    Estaremos contigo sempre nessa batalha

    Comentário by Lud — 3 de abril de 2016 @ 16:43

  • Que texto sensacional Bill, sério mesmo. Viajei aqui. Aquela final 2010 não persegue só você nos sonhos. Vira e mexe ela vem me lembrar nos sonhos que escapou pelos dedos aquele título.

    Comentário by Thalles Dirceu — 4 de abril de 2016 @ 16:14

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário