Um balde de água gelada. 20 julho 2016 JOGAR UM BALDE DE ÁGUA FRIA

O Goiás tinha tudo para iniciar uma arrancada na noite de ontem, 19/07, contra o Joinville em Santa Catarina. Todos os ingredientes para fazer um bolo delicioso, mas a massa não cresceu e deu tudo errado. Aliás, é tabu… da última vez que o Goiás foi jogar lá, um tal de Kempes deu uma sapatada tão infeliz no periquito, que ele voltou para Goiânia praticamente depenado.

Quem apostou que o time da virada contra o Náutico iria entrar em campo, se enganou, uma vez mais. O espírito vencedor ficou em Goiânia.

O Joinville era um adversário direto que estava – e ainda está – atrás na tabela. Fraco. Tecnicamente e taticamente horrível. Fez dois gols de bola parada utilizando-se da altura do zagueiro Rafael Donato. O time verde não estudou, não treinou e nem tampouco sabia anular a única jogada perigosa do adversário.

Atabalhoada, a equipe esmeraldina tentou empatar na base do “abafa”. Diminuiu o placar aos 45 do segundo tempo num pênalti cobrado por Daniel Carvalho. Final: Coelho 2×1 Periquito. É, amigos, não é todo dia que dá certo, não é mesmo?!?

Rossi é um bom atacante? Claro que sim…!! Talvez é o único que faça a diferença. Mas não podemos esquecer que futebol é um esporte coletivo e uma andorinha só não faz verão. LL-27 é craque? sem dúvidas, mas a idade não permite que ele jogue em alto nível os noventa minutos. No jogo contra o debilitado coelho catarinense, aos trinta do segundo tempo, Léo Lima já havia recuado – por sua própria conta – e estava jogando do meio para trás. DC-10 é bom? sim, muito bom… mas é outro ainda fora de forma física. Faz jogadas magistrais, de gênio mesmo, mas o “corpitcho” não ajuda.

joinvilleE o David? Bem, amigos – como diria o narrador global – o David está fazendo hora extra. Respeito sua história no Goiás, contudo, ele não consegue mais jogar em alto nível como outrora. Está na hora de sair do time.

E o garoto Léo Sena? disparado o melhor em campo até sua substituição. Aliás, o técnico Léo Condé errou ao substituí-lo.

Pois bem. O certo é que o time continua na 16ª colocação com 18 pontos em 17 jogos… Que campanha medíocre para um time que possui mais de 60 milhões em caixa, hein? Pífia… E o aproveitamento? volto a bater na tecla: não há como refutar e ignorar números! O Goiás tem 35% de aproveitamento e isso é percentual de Z-4! Vou repetir o que já venho dizendo há tempos: campanha de G-4 necessita de pelo menos 60% de aproveitamento. Foi assim nos últimos dez anos!! A matemática não mente e o pior: aniquila sonhos e quimeras.

Sabem porque o Goiás dificilmente entrará no Z-4 nesta rodada?!? Porque é muito improvável que o Bragantino vença o líder Vasco no próximo sábado em São Januário/RJ.

Qual é então, a chance de subir para a elite? Na minha modesta opinião, nenhuma! A bem da verdade, ficarei bem satisfeito se não cair para a terceirona.

Ouvi alguns torcedores ontem após o malfadado confronto dizerem:

“Ah, mas tem times nesta série B bem piores que o Goiás…”

Eu respondi na lata: “Sim, realmente tem e um deles ganhou do ex-verdão da serra ontem”.

Retrucaram: “Há times piores que estão na nossa frente!”

E eu redargui: “Sim, e o Goiás perdeu para a maioria deles.”

Chamei alguns de “Alice” e eles apelaram, dentre os quais o amigo e colunista Paulo César e o Murilo Butina. Ora, mas não é realmente Alice, quem vive no País das Maravilhas, onde tudo é um sonho lindo e vai dar tudo certo no final?!? O Butina acredita, inclusive, que a agremiação esmeraldina conquista o acesso… é demais para minha cabeeeeeeeeeça!!!

Todos nós torcemos, gritamos, xingamos, montamos sites, blogs e web-rádios, compramos produtos oficiais, pacotes paper-view e giramos catraca no Serra Dourada. Torcer é uma coisa… Não ter senso crítico e acreditar no impossível é outra completamente diferente. Quem age assim e vive no mundo da fantasia é Alice sim. #pronto_falei.

Isso é tudo, por hoje, Família Esmeraldina! Até a próxima…!!

Juninho BILL

Tags:, , , , , , , , , ,

4 Comentários Quero comentar!

  • Sinceramente, havia jogado a toalha. Ai veio o jogo contra o nautico, vitoria por 4 a 2. Me empolguei novamente, analisei os próximos confrontos e vi na sequencia, Joiville, Luverdense,Sampaio Correia e Tupi. Calculei; hummm se fizer 12 pontos garante o acesso, só que esqueci de analisar o próprio Goiás, como é limitado esse time e como esse time perde para o horroroso Joinville? Simples,porque o Goiás consegue ser pior que os seus adversários.

    Comentário by cicero jr — 20 de julho de 2016 @ 13:37

  • Amigos irmãos esmeraldinos sofredeiros abraçados no limiar da terceirona!

    Comentário by Graciano Arantes — 20 de julho de 2016 @ 14:54

  • Boa tarde!

    Juninho, penso como você se ficarmos na série B este ano já vai ser bom demais!

    Subir seria o mesmo que acontecer um tsunami em Goiânia ou seja sem chance alguma!

    Para o ano que vem com toda certeza o Goiás deverá dispensar ao menos de 15 a 18 jogadores inclusive o David.

    Ary Jr.

    Comentário by Ary — 20 de julho de 2016 @ 16:47

  • Eu sinceramente não sei mais o que pensar! No papel, na teoria temos de convir que o Goiás tem sim um elenco pra subir. Mais na pratica, as coisas não acontecem, não sei se é corpo mole, se é masturbação, se é pinga, se é puta, se são problemas pessoais, ou se simplesmente estamos em uma maré de azar FDP. As coisas não acontecem pra o Goiás, e gostaria de saber o por que! Mais nessa toada que vamos, mesmo ainda tendo esperança de uma virada mágica, meu senso critico já não quer mais aceitar que há a possibilidade de subirmos, mais em contra partida duvido muito que vamos brigar pra não cair. Acredito que acontecerá o mesmo que no ano anterior ao último acesso, onde chegamos com duas ou três rodadas do fim com chances matemáticas de subir, mais no fim aqueles 3 ou 4 pontinhos fizeram falta, e no ano seguinte com uma base já formada, e a chegada de alguns reforços, em fim subimos, é o que penso que acontecerá em 2017 o acesso, e nós no calor do momento esqueceremos o que passou, e talvez fiquemos até felizes com a tal arena que estará sendo construída, e o disco volta a se repetir, boa campanha na série A de 2018, campanha regular em 2019, e campanha de rebaixamento em 2020, isso é o que meu senso critico consegue enxergar para o futuro do Goiás, tendo esses gestores arcaicos e ditadores no seu comando. A solução? Apenas a morte de HP e EP, pois enquanto esses sangue sugas estiverem por trás das decisões, seremos isso que vemos, o Goiás, maior time do centro-oeste, e nada mais.

    Comentário by Hiago — 20 de julho de 2016 @ 18:34

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário