Time Esmeraldino mudará drasticamente a forma de atuar em relação a 2014 13 janeiro 2015 WAGNER LOPES

O Goiás realizou no dia de ontem seu primeiro treino tático de 2015. Pelo que se notou nesse trabalho, Wagner Lopes demonstra que o time Esmeraldino terá uma nova postura de jogo. Os jogadores foram posicionados no esquema 4-3-3. Em 2014 sob a batuta de Ricardo Drubscky, o time jogava no 4-5-1.

Essa nova formatação tática agradou à torcida e a direção Alviverde. A falta de “apetite” ofensiva foi determinante para a não permanência de Drubscky no Goiás. Mas ao que parece, foi o ex treinador que recusou o Goiás e preferiu sair. A torcida poderá verificar essa nova forma de jogar do Goiás, será quinta-feira, às 9 horas, em jogo-treino contra a Aparecidense, na Serrinha.

O time do coletivo teve: Paulinho; Bocão, Felipe Macedo, Pedro Henrique e Felipe Saturnino; Rodrigo, David e Esquerdinha; Danilo, Welinton Júnior e Erik. Dentre os selecionados, só a lateral direita teve um recém-chegado – já são cinco contratados. Bocão é o único atleta para o setor no elenco.

Renan é nome certo no gol Esmeraldino. O jogador só se  reapresentou no sábado, após acompanhar o nascimento da filha, em Porto Alegre. Os demais atletas retomaram os trabalhos na terça-feira. Fora o goleiro, outros jogadores vão procurando espaço, no time, aos poucos. A estreia no Goianão será no dia 1º de fevereiro, contra o Trindade.

O atacante Ruan, contratado após boa passagem pelo Paysandu, teve chance entre os titulares, ontem. Entrou na vaga de Danilo, que esteve em campo oito vezes, pelo alviverde, no ano passado. No total, oito atletas brigam por três lugares no ataque. Jarlan, em fase de adaptação ao profissional, é um deles.

“Os jogadores mais experientes já estão acostumados a trombar com jogadores de porte físico maior. Na base, você tem força física, mas é mais para fazer pressão e correria. No profissional, você tem de estar no lugar certo, na hora certa”, sintetiozu Jarlan. O lateral esquerda Diogo Barbosa saiu do treino de ontem à tarde mais cedo com um torção no tornozelo.

Benê Lima, o novo preparador físico Esmeraldino, comemorou os 25 dias que o clube terá nesta pré-temporada. Segundo o preparador, por causa do prazo, os jogadores apresentarão bom condicionamento já nos primeiros jogos do Estadual. “É um time leve, rápido. Vamos ter de ensiná-los a dosar um pouquinho. Eles são muito intensos”, sentenciou Benê.

1 Comentário Quero comentar!

  • …”Mas ao que parece, foi o ex treinador que recusou o Goiás e preferiu sair…”

    Pois é, mas o detalhe, é que o Drubscky queria um aumento para pouca capacidade.
    Defesa forte, time seguro.. isso se via com ele no comando, mas jogadas ensaiadas, infiltrações bem feitas, pressão nos jogos no Serra Dourada, era escasso.

    Ricardo Drubscky, sorte no Vitória, e se não der certo no Vitória, vai ser difícil decolar depois..

    Comentário by Felipe — 14 de janeiro de 2015 @ 3:29

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário