Tenho mais medo do Hélio do que do Vasco! 10 maio 2015 vasco x goias

Domingo Feliz. Parabéns a todas as mães do mundo!! Parabéns para mim também!!! Hoje escrevo pela quinquagésima vez no site Família Esmeraldina. É um marco, sem dúvida. Reitero que em cada uma dessas cinquenta vezes, esclarecer o leitor/torcedor do Goiás foi o objetivo principal. Mas, vamos ao que interessa…

É no mínimo, intrigante o raciocínio do comandante do Goiás, Hélio dos Anjos. 

Ainda não engoli as improvisações desnecessárias ocorridas no primeiro jogo da final contra a Aparecidense, nem tampouco contra o Independente/PA pela Copa do Brasil. 

No primeiro jogo, manteve o lateral Everton na direita e promoveu a estreia do garoto da base, Deivid. Jogou com três zagueiros, uma vez que além dele, jogaram Felipe Macedo e Alex Alves. O time foi a campo sem lateral esquerdo. O meia Esquerdinha foi sacrificado. Fez o papel de falso meia canhoto, quando sua verdadeira função era conter as investidas do tal Eduardo Arroz pela lateral esquerda. 

O Goiás achou um pênalti com menos de um minuto de jogo. A Aparecidense assustou, amarelou. Felipe Menezes achou um gol no segundo tempo chutando de fora da área. O time verde ganhou o campeonato ali. O segundo jogo foi apenas cumprimento de tabela. O Goiás já era campeão… 

A improvisação deu certo? Em parte, sim. Muito mais pela “cinematográfica broxada” da Aparecidense do que pela excelência da mudança das peças.

Vamos ao segundo palco das improvisações: a Copa do Brasil. Vamos ao Estado do Pará. Hélio resolveu arriscar, desta vez, sem o lateral direito, para jogar, de novo (!), com três zagueiros. Sacou Everton, que jogou todo o campeonato goiano e estava totalmente entrosado, para escalar Fred na zaga, deslocando o outro zagueiro, Felipe Macedo, para atuar como falso lateral direito. Desde já, deixo claro que não é que o Fred não merecia a vaga, não é isso! Ele mostrou ser o xerifão que o Goiás precisava. O problema são as improvisações, que não fizeram o mínimo sentido. 

Lecheva, o traquino técnico do Independente/PA, percebeu nos primeiros minutos a deficiência defensiva do Goiás por aquele setor. Felipe Macedo sem quaisquer cacoetes de lateral sofreu, e muito (!) com as investidas do atacante Joãozinho. Esse atleta, com nome de moleque travesso, promoveu um verdadeiro carnaval por ali. O resultado veio rápido. Com oito minutos de jogo o adversário já tinha um pênalti em seu favor. Renan defendeu a cobrança do próprio Joãozinho, todavia, ao final do jogo, nova jogada em cima do improvisado Macedo, cruzamento na área, gol do endiabrado Joãozim. Era a crônica de um discurso anunciado… Como diria um goiano do pé rachado: “deu errado sem-quantia”. 

O Independente/PA é vice-campeão Paraense, contudo, não tremeu na base como fizera o vice-campeão goiano, Aparecidense.

Pois bem. Duas improvisações com o único intuito de escalar três zagueiros. Ora, mas que medo é esse?? Já que o técnico quer jogar nessa formação, que sacasse um dos volantes, um dos meias ou mesmo um dos atacantes! Tirar um lateral?? O time fica manco… Fala sério, Hélio dos Anjos!!! 

Chegou o campeonato Brasileiro. A estreia é contra o Vasco no Rio de Janeiro hoje às 18:30h. É outra pegada, outro campeonato. Vitrine e visibilidade. Tenho absoluta certeza que os atletas esmeraldinos vão jogar de forma completamente diferente do último jogo, realizado na terra do tacacá e do tucupi. Quem em sã consciência acredita que, na iminência de jogar o torneio mais importante do País no domingo, os atletas vão correr o risco de se machucar na quinta-feira, por um campeonato que nem o próprio Goiás entende como prioritário?? Para mim é evidente que além do campo ruim, “neguinho” e “branquinho” também, tirou o pezinho da jogada contra o Independente… 

A escalação contra a equipe cruz-maltino?? Advinhem?? O zagueiro Felipe Macedo, coringa que não saía do time, deverá perder a vaga para o experiente Fred. É possível entender a cabeça do Hélio?? Se aquele defensor era intocável, a ponto de ser deslocado, quem deveria perder a vaga seria Alex Alves, que não é polivalente!! 

Helio II

O certo é que o time vai entrar em campo sem improvisações. Pelo menos no início. Não estranhem se o Professor “Pardal dos Anjos” improvisar no decorrer da partida. Para mim, não será surpresa… 

Capitão Muralha no gol; Everton e Forster nas laterais; Fred e Alex na zaga; Ygor e Rodrigo de volantes; Felipe Menezes e Esquerdinha de armadores; Bruno Henrique e Wesley de atacantes. Este último sofreu com clima quente e úmido da Amazônia, chegando a vomitar no intervalo da partida. Eu acredito. Para quem não é acostumado ou nunca experimentou, resguardadas as devidas proporções, jogar futebol nesse clima é como jogar na altitude de La Paz. 

Resta claro e já se desenha que as quatro indicações do treinador, Fred, Forster, Patrick e Wesley chegaram para ser titulares. Só Patrick ainda não teve chance. Se cuidem, Rodrigo, Ygor e David…!!! 

Quanto ao Vasco, não consigo vislumbrá-lo como esse bicho papão. Apesar de possuir peças referenciais, o nível técnico não é excepcional. Assisti alguns jogos do carioca, inclusive os vídeos tapes dos jogos finais – eu estava assistindo o Goiás no mesmo horário!! – e, na minha concepção, o Vasco é um time comum. 

A retórica retranca do Helio dos Anjos tem plenas possibilidades de segurar um empate em São Januário. Esse é meu prognóstico para o confronto desse domingo. 

Isso é tudo, por hoje, Família Esmeraldina! Até domingo que vem…!! 

 Juninho BILL

Tags:, , ,

5 Comentários Quero comentar!

  • O “Impagável…”

    Agora é apreciar o que temos para hoje! Acho que o empate pode rolar tb, mas quero que o time queime a minha expectativa de derrota meio humilhante, pois nem mais ou menos bão estamos….

    Comentário by Graciano Arantes — 10 de maio de 2015 @ 15:42

  • Vamos aguardar amigo Graciano!! Vamos aguardar!! Boto fé que a retranca do Helio segura o pseudo-ímpeto do Vasco.

    Comentário by Juninho BILL — 10 de maio de 2015 @ 16:27

  • He pelo o visto o verde virá retrancado, mas eu acredito numa vitória do verde por 1×0…..he barão do toca parabens pelas 50 vezes aqui no melhor site ….. Espero vim aqui e ler mais umas 10000 vezes a sua coluna …. . e tbm de todos outros colunistas do F.E …….

    Comentário by ludmilla — 10 de maio de 2015 @ 17:31

  • Na mosca hein Bill! Ei tb acertei esse resultado hehe! Parabéns pelo texto!

    Comentário by Marcelo Viana — 11 de maio de 2015 @ 2:11

  • Na mosca, Marcelo Profeta!! Bingo… mas confesso, analisando o esquema retranqueiro do Helio, não era tarefa dificil prever isso!!

    Comentário by Juninho BILL — 11 de maio de 2015 @ 16:45

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário