Tática, Vontade, Raça, Jogadores Habilidosos, Futebol bonito ?! O que falta ? 22 abril 2014

Boa Tarde nação esmeraldina, depois de muito tempo estou de volta e vou fazer o compromisso de voltar a escrever na coluna frequentemente, pois além de debater os assuntos frequentes do nosso maior do centro oeste, quero compartilhar a opinião com todos que gostam do bom e esplendoroso futebol do nosso Goiás Esporte Clube.

Sobre a perda do campeonato goiano: Desde quando começou o campeonato eu falei que o Goiás deveria usar o exemplo dos nossos rivais paranaenses e usar o time sub-23, sub-21, ou até mesmo somente os reservas para disputar esse campeonato, usando somente o time titular nas 03 últimas rodadas e nas finais do campeonato para que não acontecesse o que aconteceu. Perda do campeonato com um futebol sem vontade, sem raça. E ainda por cima toda a torcida e imprensa ficar duvidando de alguns jogadores que pra mim não precisa provar mais que são bons jogadores, mais basta querer jogar, no caso específico e único do Araújo. Perdeu o pênalti e pra mim achou que o jogo estava ganho e por ‘ironia’ do destino perdemos o campeonato para o nosso rival (digamos de passagem que mereceu, por ter corrido, lutado e foi atrás na semifinal e na final contra a vantagem dos seus adversários). Mais trauma já superado vamos continuar a vida. “Bola pra frente”

Sobre a desclassificação da copa do brasil: Vou resumir esse campeonato esse ano com uma opinião clara e opinião minha… Devo ser um dos poucos torcedores que gostou da eliminação do Goiás na Copa do Brasil. (Não precisava ser com uma derrota com 02 gols de um jogador horrível como o tal do Frontini). Falo isso, porque depois da vergonha que passamos no ano de 2013 com a vexatória desclassificação para o flamengo aonde nosso principal jogador no momento que se dizia pronto para o jogo, “sente” uma lesão misteriosa que só tira ele dos jogos desse período da semifinal, e curiosamente ele volta normalmente assim que acaba as semifinais da copa do brasil não alegando mais nada. O que eu acho disso ? Mercenário. Simples assim, muito longe de ser ídolo, muito longe de ser um jogador para entrar para história do Goiás. Nos ajudou e foi muito importante sim na conquista de série B e levar o Goiás nas primeiras colocações de 2013, mais na hora que o Goiás mais precisou, se vendeu por alguma quantia que ninguém ainda sabe, se escondeu do jogo contra o Santos aqui no Serra Dourada e aconteceu o que aconteceu, então para finalizar o assunto, prefiro ser eliminado na Copa do Brasil e jogar a Sulamericana aonde não existe intervenção da CBF, do que correr o risco de chegar na final e ter que ver seu time “entregar” o jogo.

 

BRASILEIRÃO 2014: Não tenho uma opinião formada aonde podemos chegar com o nosso time, ou se iremos para algum lugar com ele também, acho que todos nós esmeraldinos de verdade, devemos torcer e viver cada jogo como se fosse uma final, pois esse ano com o orçamento limitado e o elenco também com a qualidade técnica reduzida, iremos ter “fortes emoções” ou se Deus quiser e acontecer um milagre, teremos “fortes surpresas”.

Obs.¹: Gostei da formação tática que o novo técnico está começando a adotar no time, com poder de marcação e com alguns contra-ataques encaixando (ainda vai longe esse treinador com algumas peças de reposição).

Obs.²: Nunca gostei de cornetar nenhum jogador, mais com Vítor na lateral direita e com Ramos no meio, não existi time que vai pra frente ou consiga ganhar alguma coisa. Coloca o nosso centroavante para jogar, precisamos de alguma referência na frente, senão vamos ficar mais de 10 jogos sem fazer gol. (Leo Bonatini)

download

 

Que Deus e toda a nação esmeraldina esteja conosco;

Saudações esmeraldinas,

Charles Ramos

Tags:, ,

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário