Tá ficando sem graça, Goiás vence novamente o vila nova 16 fevereiro 2014 RYCHELY 1

“Verdão leva gol, mas vira placar ainda no primeiro tempo com gols de Ramon e Rychely”. Técnico Esmeraldino disse que goleada poderia ter sido de 5 ou de 6 a 1.”

No primeiro tempo do jogo as duas equipes se movimentaram, o time vila novence veio com uma proposta de se fechar e explorar os contra ataques, o Goiás tinha maior posse de bola e maior qualidade técnica, com isso o Verdão criou as melhores condições de abrir o marcador, mas o goleiro Toni defendia bem.

O Alviverde imprimia um rítmo forte, mas em um lance fortuito o time colorado abriu o marcador, com Gustavo. Na frente do placar o vila recuou ainda mais na partida, o Goiás mesmo perdendo o jogo era muito superior ao seu adversário e a virada veio 5 minutos após ter tomado o gol, Ramon empatou e Rychely fez o dois a um.

Para o segunda etapa o técnico colorado colocou mais um volante, prevendo que poderia ser goleado, mas com isso fortaleceu seu meio campo que deu sinais de melhoras, mas mesmo jogando bem mais cadenciado o Goiás chegou ao terceiro gol aos 36 minutos. O lance foi em cobrança de falta em dois lances, o juiz marcou recuo de bola, Pedro Henrique foi o autor do gol.

Para o técnico Claudinei Oliveira a equipe vem evoluindo ” O que a gente podia fazer de melhor foi feito no primeiro tempo” festejou o treinador. “O importante é que vencemos com autoridade. Não fomos perfeitos, mas mostramos uma grande evolução. Não somos o melhor time do mundo por termos vencido o clássico, como não seríamos o pior se perdêssemos” ressaltou Claudinei.

O Goiás faz excelente campanha no Campeonato Regional, está invicto no certame, mas vinha vencendo e não convencendo, mas ontem parece que o time jogou mais solto, e segundo o comandante técnico Esmeraldino o seu time poderia ter goleado o adversário. Foram 16 finalizações contra o gol de Toni. “Poderíamos ter virado para 5 ou 6 a 1, mas o Toni fez grandes defesas”, finalizou.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário