Ricardo Drusbsky sentencia, “Não adianta encher o time de atacantes” 22 julho 2014 RICARDO

A falta de gols no Goiás ta se tornando um peso muito grande para o comandante técnico Esmeraldino Ricardo Drubsky e a todos no elenco. Na última partida, mais um empate em 0 x 0, são quatro partidas consecutivas sem balançar as redes no Brasileirão.

Para se ter uma ideia, o último gol anotado pelo time Esmeraldino, foi na vitória por 1 a 0 sobre o Figueirense em Florianópolis. De lá para cá, aconteceram os empates com vitória, Grêmio e Sport e ainda uma derrota por 3 a 0 para o Coritiba.

Essa falta de efetividade no ataque tem incomodado e muito a equipe, e Drusbski explica. “Criamos jogadas ofensivas e tentamos alguns jogadores, mas não encaixamos. É uma fase, acredito que encontraremos o caminho dos gols. Para isso, é preciso calma e paciência. Nossos atacantes são jovens. E não adianta encher o time de atacantes”, disse.

O resultado contra o Sport também acendeu outro alerta na equipe. Foi o quinto empate dos goianos no Brasileirão. Ao lado de Corinthians, Santos e Vitória, o Goiás está entre os times que mais empataram na competição.
“Gostamos do segundo tempo, mas deixamos de ganhar dois pontos. Nunca entramos com o objetivo de empatar. O primeiro tempo foi burocrático, e o segundo, mais ofensivo, com mais oportunidades criadas”, comentou o comandante.

Em 10º no Brasileirão, com 17 pontos, o Goiás volta a jogar pela competição no domingo, quando recebe o São Paulo no Serra Dourada.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário