Reapresentação dos jogadores do Goiás foi com uma hidroginástica 20 novembro 2013 RENAN

“Goleiro Renam diz estar feliz com o ano que ele e o time vem tendo. Arqueiro Esmeraldino ressalta em entrevista que fator motivacional é tudo em uma equipe de futebol e não está sendo diferente no Goiás.”

Após vencer dois jogos em casa e chegar a marca de 10 partidas de invencibilidade na competição, os jogadores Esmeraldinos se reapresentaram, fizeram hidroginástica, relaxamento total antes das três decisões que o alviverde terá pelo Brasileirão.

Cotado no início da Série A como um dos prováveis rebaixados, o Goiás está muito próximo de disputar a sua segunda Taça Libertadores da América, e isso foi possível graças a uma grande arrancada que o time teve na metade do segundo turno, pois no primeiro o time teve muitas oscilações.

Por poucas vezes nesse Campeonato o time terá uma semana cheia para descansos e treinamentos antes das três decisões que o time terá pela frente, Atlético(MG), Grêmio(RS) e Santos(SP).

A evolução da equipe aconteceu no chamado “sprint” final do Brasileirão, pois disputando menos partidas obteve mais pontos no segundo turno que em todo o primeiro. Segundo o goleiro Renan o divisor de águas para o time aconteceu na vitória sobre a Portuguesa(SP), pois o time vinha de duas derrotas e um empate e contra a Lusa voltou a vencer.

O Goleiro Esmeraldino disse que Enderson Moreira falou em palestra, que era para nós jogadores que o mais importante eram os nossos resultados e não os dos adversários. “Até então a gente não tinha conseguido fazer duas vitórias consecutivas, ter uma sequência e, por isso, estávamos oscilando na tabela. Esse jogo contra a Portuguesa seria um divisor de águas.” falou Renam. “Não foi um pacto, mas abriu os olhos em relação a isso e deu confiança de saber que, mesmo tendo uma campanha que oscilou muito, a gente tinha condição de chegar no batalhão da frente.

Renan lida com o fator emocional positivo da equipe.”Futebol está muito atrelado à confiança, ao momento. A gente vem em um momento de confiança e não pode deixar isso extrapolar para a autoconfiança. O que conseguimos até agora foi pelo trabalho. Todos são importantes.”

O arqueiro Esmeraldino está feliz com a boa fase.”Estou feliz pelo ano especial e por estar faltando três rodadas, e estar com o ano em aberto, brigando por Libertadores,e não em uma briga pela permanência, como muitos apontavam. Estamos orgulhosos por chegar até aqui. A gente espera acabar o ano com chave de ouro”, finalizou Renam.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário