Quando o choro não escolhe cores… é universal. 4 dezembro 2016 Luto - Chape - Goiás

Nobres amigos torcedores e apaixonados pelo futebol, esta semana certamente foi e ficará marcada para sempre na memória de todos, independente do seu credo religioso ou mesmo time do qual torce. O Brasil e o Mundo ficaram e ainda estão estarrecidos com a tragédia da última terça-feira 29 de novembro de 2016, quando um acidente terrível ceifou 71 vidas do nosso, porque não, co-irmão verde Associação Esportiva Chapecoense.

E o mundo voltou a se curvar os joelhos e todos os olhares para o que foi feito ontem em Medelín – Colômbia, quando as autoridades locais e a equipe envolvida na Final da Sul-Americana o Atlético Nacional de Medelín organizaram uma digna homenagem postuma não somente para as vidas perdidas na tragédia mas a todos os familiares e Brasileiros também. Com toda certeza algo jamais visto até hoje. Que exemplo de grandeza e dignidade do povo Colombiano.

Desde então não paro de pensar nos familiares dos jogadores, dos profissionais de imprensa que estavam no mesmo vôo, diretoria, nas esposas e principalmente nos filhos e filhas que, horas antes se despediram e falaram com seus pais. Nunca mais os verão novamente, nunca mais haverá férias alegres, nunca mais poderão dizer que os ama.

Digo isso porque sou pai e tenho que conviver com distância do meu único filho e isso já dói e machuca tanto, mas tanto, que quase chega ser um luto, tamanha a saudade que tenho dele. Todo filho ou filha tem na figura do Pai o seu Héroi, o Superman, o Homem de Ferro e na mãe a Mulher Maravilha. 71 famílias ficaram sem seus hérois.

Desejo, do fundo da Alma e todos que fazem parte do FAMÍLIA ESMERALDINA que as Heroínas que ficaram, as Mulheres Maravilha tenham forças, fibra, para olhar pra frente e seguir adiante, que em um momento tão dolorido e de tamanha dor é o que resta: Seguir em frente.

A estrela dourada irá brilhar pra sempre em nossos corações e alma desta equipe que será imortal. Serão sempre eternos campeões juntamente com as Senhoras, que são mais que campeãs e são mais que vencedoras.

O mundo futebolístico  está de luto!

GRACIAS COLÔMBIA!  VAMO, VAMO CHAPEEEE…VAMO, VAMO CHAPEEEE !!!”                                                                

Até a próxima irmãos Verdes e Esmeraldinos!


Wendll Faleiro.

Tags:

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário