Preocupado, mas ainda confiante 18 março 2016 ende

Nos últimos três jogos do Goiás, a preocupação começou a decair em cima do torcedor esmeraldino. Muitos passes errados, gols perdidos, poucas opções no banco de reservas, insatisfação com a defesa e as dúvidas e críticas com o atual elenco começaram a aparecer.

No jogo contra o Vila, tínhamos tudo para vencermos, porém fiquei impressionado com a facilidade em que o nosso meio de campo foi anulado. Contra o Goianésia, mesmo com a vitória, a partida foi ruim e só vencemos graças a um gol de “sorte” no final do primeiro tempo. No clássico contra o Atlético, mesmo sendo melhor em campo, erramos diversas chances e perdemos um jogo em apenas uma bola. Dessa forma, é normal ter críticas e cobranças, porém, a coerência não está vindo no mesmo bolo.

E porque eu digo isso? Já começaram os pedidos sem fundamentos de alguns torcedores para demitirem o Enderson Moreira. Insistindo em um grande problema do futebol brasileiro (que é a insistência de sempre botar a culpa no treinador), aonde iremos chegar com isso? Eu lhe digo: em lugar algum. Enderson precisava de mais reforços e que já chegaram e estão prontos para estrear com o objetivo de ajudar o Goiás. Também não gosto de julgar os reforços sem ao menos vê-los jogar, mas no papel, a única contratação “ruim” foi a de Cassiano, que tem poucos gols por onde passou e números não muito agradáveis (no papel é contratação ruim, mas na prática, pode ser diferente). Jhon Cley e Cléo tem bons números e podem fazer a diferença para o Verdão.

Digo para a maior parte da torcida para terem algo difícil de se ter hoje no Goiás: paciência. É normal não encontrar isso até por estarmos vindo de um ano desastroso, mas ainda posso ver um grande time no nosso clube hoje. Alguns jogadores só precisam se concentrar mais e concertar erros individuais. Exemplos? Suelinton precisa melhorar na marcação e no cruzamento, Wesley Matos precisa ser mais raçudo e ligado no jogo, Rafhael Lucas precisa chutar com mais precisão e até Daniel Carvalho precisa arriscar mais quando tem a chance de fazer o gol. São erros comuns e que podem ser corrigidos sem precisarmos tomar uma atitude ao extremo.

Espero uma melhora significativa no próximo jogo, que é bem difícil. O Anápolis vem de uma ótima fase e vai entrar para vencer. Espero que o Goiás esteja ligado e que o Felipe Macedo (que pode começar de titular) não faça suas “Macedices” para não se queimar nessa temporada também.

Wagner Oliveira.

Tags:, ,

2 Comentários Quero comentar!

  • Concordo temos que ter paciência afinal começamos praticamente do zero e nao será em menos de 3 meses q o time vai estar em ponto de bala. Vamos esperar q o time se encaixe e possa render o que esperamos que é um bom futebol aliado as vitórias!

    Comentário by Manoel — 18 de março de 2016 @ 15:51

  • Concordo contigo viu,parabéns pela a bela coluna .realmente espera esses jogadores entra em campo para podemos cobra e julga algumas atitudes dentro das quatro linhas .vamos que vamos Verdão

    Comentário by Lud — 18 de março de 2016 @ 19:20

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário