Pobre Goiás… O quê fizeram de ti?!? 13 dezembro 2015 teoria

Amigos Esmeraldinos, saudações!!

Nós, do Família Esmeraldina, queríamos esclarecer a todo público que “consome” Goiás Esporte Clube, que não temos intenção de concorrer com qualquer outro veículo de comunicação. Quer seja rádios de enorme audiência como a 820 ou 730 ou jornais de grande circulação como “O Popular” e “Diário da Manhã”, quer seja com o jornalismo segmentado, dedicado exclusivamente ao Goiás Esporte Clube, tais como: Eternamente Goiás, 100% verdão, Tribo do Verdão, Serrinha News e Portal Esmeraldino. Esses últimos, inclusive, tem nosso respeito uma vez que tem o mesmo objetivo nosso: informar o torcedor verde do quê ocorre no clube – sem desvios vermelhos – mostrando a realidade dos fatos. Fazemos um jornalismo pró-ativo em favor do Goiás, na tentativa de manter forte e atuante o quê classificamos como “mídia verde”.

Por essa razão, deixamos claro que as tentativas de nos desestabilizar ou criar intrigas entre os próprios meios de comunicação verde, são tentativas inválidas. Torcemos pelo Goiás, amamos o Goiás!! Temos um recado aos maledicentes fofoqueiros de plantão: a mídia verde não tem interesse de se engalfinhar e nem tampouco criar um hiato entre os torcedores que apreciam esta ou aquela mídia e que buscam, avidamente, as notícias do clube! Não há concorrência!! O objetivo de todos esses veículos segmentados é um só: informar, em primeira mão à nação esmeraldina, o quê ocorre no clube que amamos e que, muitas vezes, ele não se digna em divulgar na sua própria página na internet ou para a imprensa de uma forma geral. 

Dito isso, vamos à coluna dominical…

Há tanto para ser dito sobre as mazelas e ingerências que ocorrem nos intramuros da Serrinha… Para falar tudo precisaria de muito mais espaço! Num domingo pela manhã, considero pouco recomendável “vomitar” tantos sortilégios.

Vila_Goi.AcgPorém, dentre todos eles, um não posso me furtar de esclarecer e comentar.

Todos sabem que a carreira vitoriosa de Amarildo Gonçalves no ninho do periquito se deu durante a gestão de Raimundo Queiroz. Também é notório os “Pinheiros” – atuais donos do Goiás – detestam o ex-presidente que levou o clube pela primeira vez a uma Copa Libertadores. Um misto de revanchismo, carranquismo e inveja. Até o estatuto foi alterado, visando aumentar os poderes do Conselho, justamente no intuito de barrar algumas candidaturas, quer seja do próprio Raimundo, quer seja de outros desafetos. 

Pois bem. Quando Sergio Rassi escolheu Amarildo Gonçalves como um de seus vices, o “imperador oculto” quis ter uma “conversinha de pé de orelha” com ele antes de ser apresentado. Certamente a conversa visava impor algumas “regrinhas” descritas na cartilha dele, entre as três mais importantes: obediência, obediência e obediência. 

Amarildo, homem de negócios, vice-presidente de uma das instituições financeiras mais sólidas do país, logicamente se recusou a receber ordens como se fosse menino de recado. E fez muito bem… Aliás, passou a gozar ainda mais do respeito da grande massa esmeraldina, uma vez que não aceitou se prestar ao papel de capacho.

Contudo, a lógica pinheirista – leia-se Hailé e Edminho – vai muito além dessa “cortina de fumaça”. O medo dos donos do Goiás era o sr. Sergio Rassi renunciar no decorrer do próximo mandato, como já ameaçou fazer várias vezes nesta gestão que se encerra. Nesse caso, assumiria o vice mais velho… E quem seria?!? Amarildo Gonçalves, caros esmeraldinos! Na tosca imaginação deles, caso Amarildo ascendesse ao poder, a porta estaria aberta, de novo, para Raimundo Queiroz…! 

Na verdade, eles querem ver o capeta rezando pai nosso, mas não querem sequer sonhar com essa hipótese. É um medo tão grande que beira a paranóia. Todavia, Raimundo Queiroz, seguindo seu projeto de vida e trabalho, está na Bahia e não está muito interessado na fogueira de vaidades tão explícita no Goiás.

Durma-se com um barulho desses… Uma suposta “teoria da conspiração” alijou do Goiás, um cidadão que iria profissionalizar o clube e que certamente ajudaria a tirar a agremiação da lama. E o pior: a desistência de Amarildo abre a porteira para que os Pinheiros encaixem naquela vaga de vice-presidente, nada mais nada menos que Harlei Menezes!!

É mole?!? Tá bom por hoje, né?!?

Até domingo que vem…!!

Juninho BILL

(Charge: Jorge Braga)

Tags:, ,

4 Comentários Quero comentar!

  • Grande texto Juninho! Parabéns mais uma vez…
    Mandos e desmandos de um pessoal que sabe muito de negócios, mas pouco de futebol… O ano que vem ai está até então muito bem planejado, espero que Sérgio Rassi não aceite esse pressão que vem la do Oculto e tenha pulso firme!

    Comentário by Paulo Cesar — 13 de dezembro de 2015 @ 13:20

  • Complicado isso, de diretor a vice presidente sendo que houve atrito com o Enderson Moreira nosso treinador, assim vira bagunça de novo, pulso firme ai Presidente SR!

    Comentário by Manoel — 13 de dezembro de 2015 @ 13:29

  • Nao sei quem é mais safado, se são os pinheiros, ou se é esse jacaré sem vergonha. Será que ele nao percebe que a torcida nao o quer!!!! se toca Harley, se vc for porteiro do Goiás, será sempre achincalhado pela nação esmeraldina. Vc prejudica o Goias; quantas pessoas nao deixaram de comprar uma simples camiseta, aderir ao nação simplesmente porque vc está lá. Se vc ama o Goiás como sempre disse, de tempo ao tempo; esquece esse negocio de estar la dentro do Verdão, venha pra arquibancada torcer junto com nós, depois, em um futuro de médio a longo prazo, vc ver como está o clima seu perante a torcida!!!!!! TENHA VERGONHA NESSA CARA SUA HARLEY; DEIXA DE SE PRESTAR A ESSE PAPEL RIDICULO!!!!

    Comentário by Rogério — 14 de dezembro de 2015 @ 9:46

  • PRA ONDE FORAM OS MEUS COMENTÁRIOS MEUS BROTHERES

    Comentário by CESAR PETRI — 18 de dezembro de 2015 @ 17:55

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário