Pensamento “Econômico” da diretoria faz reduzir premiação ao final da série A 4 dezembro 2014 Dinheiro-voando

Devido às últimas 4 derrotas dentro do Brasileirão, o Goiás não tem mais a possibilidade de figurar entre os dez primeiros do Campeonato. E isso significará, menos “grana” de premiação, que é baseada na classificação final.

Dependendo do resultado após o jogo contra a Chapecoense, o time Esmeraldino, poderá encerrar a sua participação na Série A entre a 12ª e a 15ª posição na tabela. O resultado contra o time Catarinense poderá render ao Alviverde de R$ 400.000,00 a R$ 700.000,00. Com esse dinheiro o Goiás pretende fechar as contas de final de ano.

A premiação a primeira vista, se comparada com as altas cifras dentro do futebol, parece pouca, mas é de conhecimento público as dificuldades financeiras pelas quais passou o time Esmeraldino, abrindo mão de contratações de impacto, estipulando teto salarial de jogadores em R$ 50.000,00.

O fato de não ter vendido a camisa para um patrocinador master agravou os cofres do Verdão que já era quase vazio. o clube ainda não lançou o programa de sócio torcedor, fato esse que deve ocorrer em Dezembro do corrente ano. Para se conseguir receitas o time negociou mandos de campo, ou organizou a partida em outras Cidades.

Para o presidente Sérgio Rassi, a reta final do Campeonato para o Goiás foi decepcionante, amargando quatro derrotas consecutivas. “Foram partidas difíceis, mas não impossíveis de serem ganhas. Foram todas perdidas pelo placar mínimo e por descuido de marcação, principalmente em bolas aéreas. Vejo isso de forma decepcionante, apesar de ter como atenuante que as três das quatro estavam disputando a parte de cima. Esperava, nessas 4 partidas, ao menos 4 pontos”, disse.

Para o superintendente de futebol do Goiás, Marcelo Segurado já era esperado essa colocação ao final da competição, ou seja, entre a 7ª e a 12ª posição, devido ao baixo poder de investimento do time, e devido a isso usando os garotos da base, ou jogadores que se adequavam ao teto salarial do clube. “Quando começou o campeonato, a gente via que não teria condições de investimentos em jogadores mais renomados.”

Para Segurado a vitória é importante no Domingo. “A gente tem de terminar com uma vitória. Vamos jogar para vencer. O grupo quer mostrar que tem qualidade e vai buscar essa vitória para terminar pelo menos na 12ª colocação”, falou o dirigente.

Abaixo os valores das premiações pagas do 1º ao 16º colocado na Série A
Campeão : R$ 9 milhões
Vice Campeão : R$ 6 milhões
3º lugar : R$ 4 milhões
4º lugar : R$ 3 milhões
5º lugar : R$ 1,4 milhão
6º lugar : R$ 1,3 milhão
7º lugar : R$ 1,2 milhão
8º lugar : R$ 1,1 milhão
9º lugar : R$ 1 milhão
10ºlugar : R$ 900 mil
11ºlugar : R$ 800 mil
12º lugar: R$ 700 mil
13º lugar: R$ 600 mil
14º lugar: R$ 500 mil
15º lugar: R$ 400 mil
16º lugar: R$ 300 mil

Fonte+ Jornal O Popular

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário