Participação na Libertadores em 2014 é o caminho para permanência de Enderson Moreira 26 novembro 2013 ENDERSON 111

O treinador Esmeraldino ainda não tem um futuro garantido para 2014, o comandante alviverde tem números expressivos à frente do Goiás. São 85 vitórias, 29 derrotas e 35 empates. Gols marcados 271 e gols sofridos 154. Títulos Bi Campeão Goiano 2012/13 e a série B 2013, dando um aproveitamento de 64.9%. Fonte Jornal O Popular.

Mas mesmo assim um acordo ainda não foi “costurado” entre a diretoria e o técnico. As conversas são mantidas, mas pelo que se pode perceber em suas entrevistas, o fator “salario” não é o mais preponderante, mas sim a participação do Goiás na Taça Libertadores do ano que vem. “Há muita coisa para ser definida neste fim de temporada. Não é só a questão financeira, é questão de projeto também.A gente precisa, se conseguir vaga para a Libertadores, ter uma equipe competitiva. A gente vai perder grandes atletas nessa mudança de ano, disse o treinador.

Enderson não fala claramente, mas é claro que ele deixa nas entrelinhas que se caso o clube conseguir uma vaga para o torneio sul americano mais importante, “O time deverá estar preparado para fazer investimentos, buscar atletas com outro perfil, porque vamos perder jogadores importantes, como Rodrigo, Ernando, Davi, Walter, Eduardo Sasha e Renan Oliveira, previu o treinador.”

O Superintendente de futebol do Goiás, Marcelo Segurado disse em entrevista que a renovação do treinador passará pela eleições no clube, o pleito deverá acontecer no dia 17/12. Mas Segurado disse que a atual gestão vai deixar tudo encaminhado.

Um problema de momento é maior que a renovação de Enderson, trata-se do meia Davi que terá seu contrato finalizando no próximo dia 30/11. As dificuldades entre as partes para a renovação existem, e dificilmente o meia ficará no time Esmeraldino. Davi tem propostas do Atlético Mineiro e repassou ao Goiás que quer ser valorizado.

Para Davi jogar no Domingo Marcelo Segurado espera resposta do meia até amanhã 27/11.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário