Para quê treinar, professor? 13 novembro 2015 treinamento

Depois da derrota para o flamengo, em que o Goiás não jogou bem e tomou 4 gols contra um time comum (e caro), bastou 4 erros e levamos 4 gols. O meio campo do Verde não dava combate e não tomava a bola, poucas vezes recuperamos a bola, porque na maioria das vezes o rubro negro carioca entregava para nos.

O Flamengo cansou de pedir para levar gols no primeiro tempo, tanto é, que a torcida perdeu a paciência com o time de baladeiros. Na volta do segundo tempo tomamos os gols no começo da partida, talvez se o time estivesse mais alerta, aqueles gols não sairiam e o time verde traria os 3 pontos para Goiânia.

E como ‘recompensa’ para os jogadores, a diretoria liberou os mesmos 2 dias, voltando a treinar terça pela manhã. Talvez o pensamento fosse: “Precisamos de descanso para jogar com tudo contra o Coxa’’, ou talvez  “já já já caímos mesmo, trê trê treinar pra que?”; Eu, como poucos torcedores, acredito que não iremos cair, apesar de tudo estar caminhando para mais um descenso.

Resta aos poucos e fieis torcedores apoiar e acreditar nesse time, caso mais uma derrota seja sacramentada, já podemos começar a pensar em dispensas, e o primeiro demitido tem que ser: Harlei Menezes, mas se não quer demitir, que tal criar um cargo para que ele fique no clube? Acho que “Diretor Honroso das Luvas de Goleiro’’ seria uma boa, pois lá o estrago deverá ser menor…

Paulo César

(Foto: Site Oficial do Goiás Esporte Clube)

Tags:

1 Comentário Quero comentar!

  • Sei nem o que dizer tem tempo que os adversários estão pedindo pra que o goias e vasco reajam mas o Goiás. Não entendeu o recado talvez agora eles entendam mas receio que seja muito tarde. Torço para que não.mas não sei não vamos acoorda Goiás acorda Goiás. Ta passando da hora uf
    .

    Comentário by edson rosa da silva — 13 de novembro de 2015 @ 22:14

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário