O rival cresceu, deixou de ser nanico. É hora de refletir. 13 novembro 2016 Two men arm wrestling, side view, close-up

Poderia ter sido trágica a reestreia do Goiás no Estádio Olímpico. Walter salvou a noite. Com assistências e gol dele, a agremiação esmeraldina conseguiu virar o placar contra o Joinville de 0×2 para 3×2.

Ufa…! Que alívio.

O time foi a 47 pontos (dos 108 disputados!), com 12 vitórias, 11 empates e 13 derrotas em 36 jogos. 43% de aproveitamento e obviamente, a segunda página da tabela. Conseguiu o importante feito de não ser rebaixado e se manter na série B para 2017. Foi o pior dos goianos, mesmo com orçamento dez vezes maior que os rivais regionais.

Ahhhhhh… a meta de ficar à frente do Vila Nova é mais um fracasso para a coleção do falastrão, Sergio Rassi. É que o time rosado já fez 52 pontos e o Goiás tem apenas 47. Faltam apenas seis pontos a serem disputados e eu cravo aqui: nem o Goiás ganha os 6 e nem o Vila perde os 6.

Por falar em adversário regional, o ACG ganhou a série B, com méritos. Fez uma campanha pés no chão, evoluiu na hora certa – ao contrário do Vasco que chegou no topo antes da hora – e liquidou a fatura ontem, 13/11, derrotando por 5×3 o Tupi/MG. A superioridade foi incontestável. O time de campinas passou a ser o verdadeiro rival – e não o Vila Nova – uma vez que ele já se aproxima das performances alcançadas pela equipe da serrinha. Agora na divisão de elite do futebol nacional, é o time a ser batido…

Quanto ao ano vindouro, não estou agourando, mas a tempestade das vaidades – em diretorias de futebol – costumam imperar nestas horas. Não será surpresa para mim, se essa visita à serie A seja um bate-volta.

Por sua vez, o Vasco mantém a tradição: provavelmente será vice-campeão novamente.

ACGÉ certo que o Goiás passa por uma péssima fase, fruto de uma administração desastrosa, contudo, o quê mais me intrigou foi um torcedor da lagartixa elaborar uma arte com o escudo do time, vangloriando as conquistas do clube. Para tanto, ele incluiu uma estrela “prateada” ao centro (Título da Série B) e duas “douradas” (Títulos da Série C). Ora, ora, mas os títulos da terceirona são mais importantes para eles que da segundona? Confesso que não entendi.

É amigos verdes… nada é tão ruim que não possa piorar, já dizia a velha máxima…

Se tá ruim para você, esmeraldino, imagine para quem está exaltando – aos quatro ventos – suas glórias na terceira divisão para não deixar a estrelinha conquistada ontem, muito solitária?!?

Vamos para 2017. Futeboliscamente, 2016 já acabou faz tempo para nós, os verdinhos.

Isso é tudo, por hoje, Família Esmeraldina! Até a próxima…!!

Juninho BILL

Tags:,

8 Comentários Quero comentar!

  • E tem gente desmerecendo o Atlético. Triste dizer, mas hoje a atualidade somos nanicos em tudo: da diretoria ao futebol. E o mais intrigante: o Goiás não aprende com seus erros!

    Comentário by Wendll Faleiro — 13 de novembro de 2016 @ 15:26

  • Merecidamente esse título as nanicos ,mais vamos lá acorda diretoria ,quero um 2017 totalmente diferente viu …deusolivreeeeeeee

    Comentário by Lud — 13 de novembro de 2016 @ 16:35

  • Sou esmeraldino, mas senti muita inveja nesse texto, não precisa tanto. Outra coisa, nem Goiás nem Vila são rivais do Atlético, Goiás e Vila continuam sendo rivais e o Atlético está bem acima dos dois times.

    Quanto a exaltação dos caras, deixem eles colocarem as estrelas que eles quiserem no peito, a camisa é deles e os esmeraldinos não tem nada a ver com isso.

    Estão chamando os caras de nanico, mas qual o feito do Goiás que engrandece tanto assim o time a ponto de deixar o Atlético tão pequeno? Qual o título do Goiás que o torna tão maior assim?

    O Goiás fica exaltando Bi da série B e se esquece que até Santo André, Paulista e Juventude já foram campeões NACIONAIS, já o GIGANTE Goiás sempre que chegou em uma final importante PEIDOU NA FAROFA.

    Então torcedor esmeraldino, menos soberba e mais pés no chão porque foi exatamente isso que fez o Goiás se apequenar tanto e vê um time da Capital já ultrapassa-lo e senão tomar cuidado logo logo será a terceira força do Estado, como a classificação do BR2016 já vem mostrando.

    Comentário by Felipe Neres — 13 de novembro de 2016 @ 21:56

  • CAro Felipe Neres!!

    O feito do Goiás que engrandece tanto assim o time a ponto de deixar o Atlético tão pequeno é fato de permanecer por mais de duas décadas na primeira divisão, estar rankeado anos luz à frente do ACG, ser vice campeão de um torneio internacional e vice-campeão da Copa do Brasil e ter disputado algumas copas Libertadores.
    O ACG vai disputar pela terceira vez (apenas!) a primeira divisão e nunca chegou no G4, fato que o Goiás também já conseguiu.
    O título que eles acabaram de conseguir, o Goiás já tem dois… e um vice também.
    Tem certeza que vc é esmeraldino, amigo?!?
    Um abraço e obrigado pela visita e prestígio da audiência…!

    Comentário by Juninho Bill — 16 de novembro de 2016 @ 19:51

  • Até agora você falou apenas grandes merdas de vice que não valem nada e ficar 20 anos tomando taca na série A e lá uma vez ou outra ganha um joguinho aqui outro ali.
    Agora me conta quando demos volta Olimpica? Só uma voltinha, não precisa ser aquelas voltonas não, só uma voltinha NACIONAL.
    Já que você se considera da Panela dos Pinheiros e se acha mais torcedor que os outros deve saber de alguma que NENHUM torcedor HUMILDE do Goiás está sabendo.

    Comentário by Felipe Neres — 17 de novembro de 2016 @ 0:49

  • Panela dos Pinheiros?!?

    Vc deve estar delirando, Felipe Neres!

    O colunista Juninho Bill é o que mais bate pesado nesse site sobre os desmandos dos Pinheiros.

    De duas, uma: ou vc não é esmeraldino, ou quer apenas tumultuar.

    O Goiás tem sim um histórico infinitamente superior aos seus rivais goianos, contudo, a diretoria esmeraldina tem feito tudo que pode para acabar com essa hegemonia verde. Infelizmente.

    Comentário by cicerojr — 17 de novembro de 2016 @ 9:37

  • Está certo, então quem discorda de uma materia escrita aqui não é esmeraldino, esmeraldino são só vocês mesmo. Parabéns por ser tão mais esmeraldinos que os outros torcedores, continuem assim tão superiores aos outros, falam dos Pinheiros mas aqui no site fazem a mesma coisa.
    Uma vez, cadê o título NACIONAL que coloca o Goiás infinitamente superior aos outros Goianos?
    Há e podem ficar tranquilos que este é o meu ultimo comentário aqui, não vou mais comentar no site de vocês não, até porque aqui é um site só pra bater palmas por qualquer coisa que vocês escrevam, concordando ou não.

    Comentário by Felipe Neres — 17 de novembro de 2016 @ 12:10

  • Vc está enganado!
    Mantemos a mesma postura crítica sempre.
    O problema não é vc discordar e sim lançar um comentário venenoso dizendo que o artigo tinha resquícios de inveja…
    Vc pode discordar sempre, é o seu direito, mas quando começa a “advinhar” e fazer conjecturas, passa o direito para o outro responder.
    Quanto a vc não querer mais comentar ou visitar nosso site, lamentamos.

    Comentário by cicerojr — 18 de novembro de 2016 @ 16:16

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário