O planejamento 2017 anda a passos de tartaruga 17 novembro 2016 torcedor desesperado

A série B chega ao seu fim – faltam ainda duas rodadas – mas já se conhece o campeão da competição.

Falar que o time Esmeraldino naufragou em 2016 é chover no molhado, mas o quê nos preocupa é a falta do tal planejamento para a temporada 2017. Não se sabe qual treinador irá comandar a equipe, seria Gilson Kleina? Givanildo Oliveira? Partindo desse pressuposto não tem como planejar, os bons valores despontados nessa série B, já foram sondados por outras equipes.

O Goiás seria um deles? Claro que não! Não se sabe se o “colecionador de fracassos” Sérgio Rassi irá continuar no cargo, mas noticias vindas do intra muros da Serrinha dão conta de que ele permanecerá e mais: ele mantém contato direto com Haile Pinheiro e que o mandatário máximo Esmeraldino o está apoiando. A história do “racha” entre eles é balela…

Harlei Menezes XXICom Rassi ou sem Rassi, o fato é que os dias passam, e o Goiás mais uma vez patinando, assim como ocorreu nos três últimos anos.

Mas no nosso Verdão é assim: contrata-se por “cardápio” e não pela performance do atleta, e a se continuar assim, chegaremos ao final da temporada 2017 com quase 50 jogadores contratados, fato que ocorreu em 2016, com uma folha de pagamento inchada, e com a grande perspectiva de disputar mais uma “Bêzona”, dessa vez em 2018.

E Por falar em contratações, o ex-goleiro e ex-gestor do clube, Harlei Menezes foi contratado como Diretor de Futebol. Um nome que havia sido cogitado era o de Nei Pandolfo, que atualmente exerce o mesmo cargo no Bahia.

Em relação ao Harlei, considero um bom nome (falarei disso na próxima coluna!) e vou torcer para dar certo.

Cícero JR

Tags:, ,

8 Comentários Quero comentar!

  • Eu sempre leio sua coluna com medo do que vou encontrar, hoje foi tranquilo. Estilo Sérgio Rassi, quase parando. Tks Ciçu!

    Comentário by Tubas — 17 de novembro de 2016 @ 9:55

  • O que mais me incomoda é a FALTA DE PLANEJAMENTO.
    Sempre da aquele “tiro no escuro” pra saber se da certo e nem sempre é assim.
    Em relação ao Harlei, a princípio não era o nome que os esmeraldinos esperavam.
    Mas enfim, toda sorte do mundo a ele.
    E tomara que ele não traz pra ca um Bocão da vida.

    Comentário by Alexandre Lima Kbca — 17 de novembro de 2016 @ 10:31

  • Coluna tranquila. Vamos aguardar e torcer para que tudo dê certo e que novos ares possam vir.

    Comentário by Brayan — 17 de novembro de 2016 @ 10:56

  • A fatura que o Goias irá pagar será muito cara, pois o Grande Felipe Ximenes fez os contratos dos “craques” até final de dezembro! Legal né?
    Seja o Harlei, o Pandolfo, ou Gandalf ou o Rambo, (rs) irá ou iria ter muito trabalho sujo a fazer e literalmente colocar a mão na “merda” pra limpar. Sem alternativas!
    Só Esperar.

    Comentário by Wendll Faleiro — 17 de novembro de 2016 @ 11:24

  • Que história é essa de Nei Pandolfo Cícero, mais o diretor não é o Harlei, ou isso foi cogitado antes dele ser contratado, seria uma baita nome fez grandes trabalhos no Bahia e no Sport….

    Comentário by Felipe_SKR — 18 de novembro de 2016 @ 4:34

  • Foi cogitado antes de fechar com o Harlei.

    Comentário by cicerojr — 18 de novembro de 2016 @ 16:13

  • Bom dia a todos os brotheres verdes, respeito a opinião de todos que defendem a volta do Harley mas não concordo, ele Harley disse que estudou seis meses pra ser gestor de futebol, estudou o qué ? Não basta ter estudo, tem que ter planejamento, ousadia, ir a campo a procura e não ficar contratando por celular, ter campo e penetração no meio do futebol, isso ele tem ? E outra coisa respeito todos os meus brothers, mas de onde alguns tiraram que o Harley e o maior ídolo da história do Goiás eu não sei, voces garotos não viram nem 10% do que eu e muitos ja viram na história do nosso amado verde, caráter, amor a camisa, profissionalismo e nada de panela são algumas características que fazem um grande ídolo, o citado tá longe disso. Mas como o meu amor pelo verde e imenso eu gostaria de queimar a língua sobre o referido assunto, vamos ver. Aliás os grandes gestores no meio do futebol na europa, estudam anos e anos, vão a campo, fazem estágios com os melhores na área, e o cara estuda seis meses e acha que tá bom.
    E pra não esquecer, levamos de 7 ( sete ) no sub 20 do eterno freguês fubá.

    Comentário by CESAR PETRI — 21 de novembro de 2016 @ 10:18

  • E sobre a palavrinha mágica ‘ PLANEJAMENTO’, eu já falo tem tempo muito tempo, mas eles nossos dirigentes são analfabetos e não sabem ler.

    Comentário by CESAR PETRI — 21 de novembro de 2016 @ 10:19

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário