O comodismo da diretoria x O desconforto da torcida 20 fevereiro 2015 Camila Pereira

Contra fatos não há argumentos: a torcida é o maior patrimônio do clube. É a torcida quem apoia, empurra, critica, dá renda (direta ou indiretamente) e ama verdadeiramente o Verde. Não é segredo pra ninguém que a torcida está envolvida na popularidade do clube, nos resultados positivos, nas viradas históricas, e é pra ela que a diretoria deve, ou ao menos deveria, prestar satisfações.

Sendo assim, a torcida merece e precisa ser mais valorizada e é exatamente isso o que não acontece no nosso Verdão. A diretoria esmeraldina busca criar uma espécie de ilusão, espera que os torcedores acreditem nela e alguns ainda caem nessa ladainha! Então vamos pensar um pouco em como isso funciona:
O primeiro campeonato disputado no ano é o Goianão e convenhamos que a cada ano o nível técnico cai. É neste exato e atual momento que a diretoria ataca. O Goiás é visivelmente e indiscutivelmente o melhor time do estadual, obtém na maioria das vezes bons resultados mas não realiza boas partidas. Bons resultados e péssimas partidas: é aí onde o perigo mora. A invencibilidade e a sequência de vitórias iludem o torcedor de tal maneira que o faz acreditar que aquele elenco é bom, que não precisa de reforços e que a diretoria é excelente. Pronto, ilusão implantada com sucesso!

Um exemplo dessa situação ocorreu no Campeonato Goiano de 2014. O Goiás chegou na final invicto, ninguém conseguia bater no “Poderoso Goiás” até que faltando alguns segundos pro fim pra partida, consagração do título e do excelente (não) trabalho realizado, eis que surge Lino pra marcar pro ACG.

Foi aí que muitos torcedores acordaram pra vida. O Goiás disputou outros campeonatos apenas como coadjuvante e enfrentou dificuldades. Neste ano não é diferente: o Goiás não tem um bom elenco, o Goiás precisa de reforços e o Goiás precisa perder pra diretoria ver que o torcedor não é bobo. Comodismo só funciona dentro dos muros da Serrinha, porque do lado de fora o torcedor está desconfortável, querendo movimentação no mercado da bola e se possível, como recompensa pelo bom desempenho e qualidade, títulos . A diretoria esmeraldina quer que o torcedor se acomode e pense que com aquele elenco vamos conquistar a América. Portanto, não se iluda, o Goiás só vai conquistar mais um ruralzão.

Saudações esmeraldinas e até a próxima!

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário