O enigmático charme do mata-mata! 5 novembro 2014 COPA-DO-BRASIL-2014

A Copa do Brasil chegou na fase semi-final. Nenhuma surpresa. Quatro grandes clubes do futebol brasileiro ainda estão na disputa do torneio: Atlético/MG, Cruzeiro, Flamengo e Santos.

 

O primeiro jogo do mata-mata ocorreu semana passada. O Cruzeiro bateu o Santos no Mineirão por 1×0 e o Flamengo derrotou o Atlético/MG por 2×0 no Maracanã. Os vitoriosos, obviamente, estão em vantagem para o segundo jogo.

 

Para chegar a esta fase do torneio, enquanto o Cruzeiro eliminava o ABC/RN, o time do Santos eliminava o Botafogo. Já o Flamengo obteve a classificação derrotando o América/RN, e, por fim, o Galo das Alterosas tirou o Corinthians da competição.

 

Na Copa do Brasil a fase é eliminatória (mata-mata), e o time mais fraco tecnicamente pode derrubar o que se encontra em melhores condições no momento. Nesse ponto, reside o charme da competição… A possibilidade do David derrubar o Golias.

 

O Flamengo, no campeonato brasileiro é o pior classificado. Todavia, fez o dever de casa e ganhou o confronto em seus domínios. Para o rubro negro, o jogo vale por uma temporada. O Flamengo é tradicionalmente um time de chegada que cresce na competição, e caso chegue às fases finais de qualquer torneio, costuma dar trabalho. Assim sendo, o Atlético/MG que se cuide porque o rubro-negro “tá xerrrto,  já xaiu da confusão” do rebaixamento no brasileirão, possui um treinador acostumado com campeonatos eliminatórios, além de ser o atual campeão do torneio e vai apostar tudo nesse campeonato. É favorito, portanto, a ficar com a vaga na final.

 

Não acredito na classificação do Atlético/MG em razão de dois fatores: primeiro, os reiterados problemas disciplinares no elenco, que desagregam o grupo, e segundo, o fato do técnico Levir Culpi não ser o típico treinador copeiro.

 

O Cruzeiro, face à sua esplendorosa fase técnica, é favorito em qualquer campeonato que disputar. Contudo, não apostaria minhas fichas no time celeste para ser finalista da Copa do Brasil. A equipe já sabe que vai ser campeã brasileira e o desinteresse por esse torneio é nítido. Um resultado magro, pelo placar mínimo, me convenceu que o Cruzeiro fez o dever de casa, entretanto, o que interessa para ele é o bi-campeonato brasileiro em 2014.

 

Se o Santos, capitaneado pelo competente técnico Enderson Moreira, souber aproveitar o “desânimo” do líder do Brasileirão, receberá a vaga de finalista de bandeja. A equipe santista possui excelente elenco, vários craques no time capazes de desequilibrar o confronto em seu favor. O jogo será na Vila Belmiro, a “bomboneira” do Peixe, e esse fator, com toda certeza, será preponderante para sua classificação.

 

Enderson Moreira foi campeão da série B em 2012 e campeão goiano em 2013, ambos os títulos comandando o time do Goiás. Depois foi finalista, porém, perdeu o campeonato gaúcho e foi desclassificado da Copa Libertadores de 2014, atuando como treinador do Grêmio. Em suma, não foi de todo mal enquanto esteve à frente do tricolor sulista, mas é que o Grêmio estava muito interessado em aproveitar o desemprego do Felipão, e, por isso, Enderson perdeu o emprego. A equipe do Santos e sua comissão técnica tem gabarito e por isso, grandes possibilidades de avançar à final.

 

Minha aposta é Santos x Flamengo na final do torneio. Façam as suas, caríssimos leitores…!!

 

Juninho BILL

Tags:, , , ,

Jornalista e Bacharel em Direito

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário