O campeão precisa refletir acerca do seu desempenho. 10 maio 2016 Bicampeão

Na primeira partida da final do Goianinho, o ex-jogador e comentarista Claudio Rabello de Castro disse que o Goiás estava sem meio de campo, jogando praticamente num 4-2-4. As câmeras da TV Anhanguera ainda flagraram o técnico esmeraldino Enderson Moreira pedindo para o Goiás fazer a ligação direta porque o Anápolis estava jogando em linha, o que corrobora com a análise do Cacau.

Por que Enderson quis assim?

O primeiro motivo é simples: a defesa em linha, se mal treinada, pode dar brechas para que jogadores velocistas entrem em condições legais cara a cara com o goleiro (levando em consideração que normalmente os zagueiros são mais lentos que os atacantes). Se essa mesma defesa estiver em linha alta, obriga o goleiro a fazer a cobertura dos zagueiros. Se o meio de campo não exerce pressão no portador da bola, facilita ainda mais para que o sistema defensivo cometa um erro.

GOIAS1

Defesa do Anápolis falha com Leandro Eusébio saindo da linha antes da bola ser lançada (Reprodução: TV ANHANGUERA).

 

O segundo é um pouco mais complexo: se após o lançamento (no momento em que a bola estiver viajando) a defesa continuar em linha, o zagueiro que vai disputar a bola fica sem a sobra. E se algum defensor sair antes do lançamento para fazer a cobertura em diagonal (como Leandro Eusébio fez na imagem acima), deixa os adversários em condições legais para atacar.

E o terceiro é um ponto de interrogação: Enderson estaria treinando o Goiás para atuar com esse modelo de jogo ou simplesmente não acredita que seu time consiga chegar ao gol do adversário trabalhando a bola?

Dar chutão não é feio. Desde que pegue o adversário de surpresa. Agora fazer do chuveirinho da defesa para o ataque a principal jogada de transição ofensiva é imperdoável. Ainda mais em se tratando de campeonato estadual em que o Goiás tem, sem sombra de dúvidas, o melhor elenco.

Em contrapartida, o Goiás fez o gol no segundo jogo trabalhando a bola. Também compactou mais porque jogou com as linhas altas.

Goias2

Goiás trabalha com Wagner indo pra cima do lateral adversário, Juninho fazendo a ultrapassagem e David e Leo Sena se juntando a Rafhael Lucas e Carlos (Reprodução: TV ANHANGUERA).

Mas sofreu muito porque alguns detalhes não consolidados são característicos de times que estão começando a temporada. O problema é que já estamos em maio. E o gol de empate Anápolis demonstra bem isso, uma vez que nasceu após um lateral a favor do Goiás:

Goias3

Juninho cobra o lateral para Wagner e não tem NINGUÉM do Goiás para disputar a segunda bola (Reprodução: TV ANHANGUERA).

 

goiás4

Sueliton com um movimento em fração de segundos deixa o seu corredor livre (Reprodução: TV ANHANGUERA).

 

Goiás5

Zagueiro Deivid faz a cobertura de Sueliton no corredor deixado pelo lateral direito (Reprodução: TV ANHANGUERA).

 

Goiás 6

Sueliton e Deivid trocam de funções por causa da ocasião: Deivid passa a ser o lateral e Sueliton o zagueiro. O problema é que Sueliton não executa a sua função momentânea quando o adversário aparece na sua zona (Reprodução: TV ANHANGUERA).

 

Título é título. Que se comemore. Mas, que seja dito a verdade também: o Goiás não evoluiu o quê deveria nesses primeiros quatro meses de trabalho.

Rodolpho Chinem

Tags:,

3 Comentários Quero comentar!

  • Concordo não evoluímos mesmo e fica a grande interrogação em 38 rodadas é possível essa evolução? Sem peças novas a missão se torna meio que complicada. Vamos aguardar e torcermos muito porque na próxima sexta já é decisão de 3 pontos e a perca dos mesmos sabemos que no final das contas farão falta. Avante BICAMPEAO GOIANO rumo ao nosso lugar…Série A!!!

    Comentário by Manoel Fernandes — 10 de maio de 2016 @ 16:05

  • Esta estoria que o time vai amadurecer apos o 7 mes , para mim nao cola.

    Ate o momento o futebol apresentado, e de time que nao vai subir! O Enderson nao consegue definir o time titular.

    O ano passado segundo o presidente nao tinhamos dinheiro para contratar, mas agora que temos, nao iremos contratar grandes jogadores porque o tecnico não quer, prefere o Cleo e o Cassiano qe nao saograndes estrelas, mas em contrapartida tbem ao jogam nada.

    Depois dessa e so dormir mesmo, as desculpas esfarrapadas do Dr.Sergio Rassi estao de volta…….tava demorando…

    Ary Jr.

    Comentário by ARY — 11 de maio de 2016 @ 3:36

  • BOM DIA, SERÁ QUE A DIRETORIA DO GOIÁS NUNCA VIU O ROGER QUE ESTAVA NO RED BULL E AGORA FOI PRA PONTE PRETA JOGAR??? EX ATACANTE DO SÃO PAULO, MAS DECOLOU EM OUTROS CLUBES. ESSE CARA SERIA MUITO BOM AQUI.

    Comentário by ESMERALDINO — 11 de maio de 2016 @ 12:23

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário