Goiás: um navio indo à pique… 21 setembro 2016 7a037189-e830-4595-a9ab-cfa7e13357bc

Meus amigos, pensei que já havia visto todas as lambanças praticadas dentro e fora de campo por essa atual diretoria do Goiás Esporte Clube.

Lêdo engano. No último sábado vimos a pior apresentação Esmeraldina em uma disputa de divisão do futebol Nacional. Que arremedo de time, aliás o time que é a cara de sua Diretoria, ou seja, omissa e bem cara de pau! A propósito, parabéns a todos os envolvidos, hoje é o dia árvore!

Lá do intra-muros da Serrinha eles irão dizer: “Ei torcedores, contratamos o Walter, o sonho de vocês!.” Acontece Sergio Rassi, que andorinha sozinha não faz verão. E por falar em Sérgio Rassi, será que o senhor não tem “desconfiômetro?” O senhor é o maior colecionador de fracassos na condição de Presidente Executivo de um dos maiores clubes do futebol Brasileiro. Dr. Sergio Rassi, faça como no programa do Raul Gil: “Pegue seu banquinho e saia de fininho”.

E a conta de um não tão distante rebaixamento à Série C, quem vai pagar? Será que o Hailé vai dar as caras? E o Sr Ediminho, vai por a cara para bater? Ou será que eles só concederão entrevistas quando o Goiás vencer o Vila, ou então quando for campeão do famigerado Goianão?

O fato é que o Goiás vem sendo dirigido por amadores. Exemplo: É veterinário sendo diretor de futebol, é empresário falido no ramo de limpeza ocupando cargo, e diga-se de passagem, ganhando muito bem. Mas isso não vem ao caso, não é Sr Hailé? O mais importante é mantê-lo no cargo de Presidente do Conselho. Para o poder e pelo poder, faz-se de tudo, não é mesmo?

O Goiás precisa ser repensado “Urgentemente”. Não se pode mais tocar futebol como essa família faz com o Goiás. Futebol é coisa séria e não apenas um brinquedo nas mãos de Ditadores.

hareliO rebaixamento é uma hipótese real, entretanto ainda dá tempo de se salvar. Hoje a equipe tem o oitavo melhor aproveitamento do returno. Tem 40% de aproveitamento em todo o campeonato e 20,6% de chance de rebaixamento. Um percentual grande para uma agremiação que entrou no campeonato como uma das favoritas. Após 26 rodadas, o Goiás deveria estar “brigando” pelo acesso e não para evitar descenso.

É necessário que se tenha nos quadros do departamento de futebol pessoas do ramo, de preferência pessoas que já atuaram nas quatro linhas. Sinceramente, hoje, vejo como muito oportuna uma volta de Harlei Menezes a esse departamento. Ele se preparou, esteve em vários cursos e palestras além de fazer amizades com grandes empresários de jogadores. Querendo ou não, se não houver proximidades com esse povo, a chance de não se conseguir “mão de obra qualificada” é muito grande. Basta ver o Goiás de 2007 para cá.

Cícero JR

Tags:, ,

2 Comentários Quero comentar!

  • Top verdadeiro essas suas palavras,e triste essa realidade que tá acontecendo no verde,concordo plenamente que é necessário ” extremamente urgência” que essa diretoria do verde acordar ,pq se não o rumo e série c na certa ,sem choro é nem vela ,vamos lá diretoria afinal o que acontecendo

    Comentário by Lud — 21 de setembro de 2016 @ 20:07

  • Concordo com suas palavras, caro Cícero. Muito claro e objetivo. Infelizmente, você não está exagerando no quadro triste que você pinta do Verdão, um clube que vem perdendo torcida aceleradamente ano após ano. Tudo em nome da eterna vaidade de estar no poder, como é o caso da família Pinheiro e de seus puxa-sacos.

    Quanto ao Harley, eu sempre achei ele injustiçado. Sinceramente eu acho que ele merecia uma chance em condições diferentes da que ele pegou quando foi Diretor de Futebol. Ora… quando o Harley dirigiu o Verdão, o nosso time tinha o menor orçamento da Série A, devido às dívidas (que ainda estavam sendo saneadas) e aos adiantamentos de recursos que haviam sido feitos junto à Rede Globo. E, ainda assim, o Harley teve o mérito de descobrir o Bruno Henrique, que ao final da temporada passada acabou sendo vendido para o futebol alemão, gerando lucro para os cofres esmeraldinos.

    Enfim… realmente o Verdão precisa ser repensado. A continuar como está, seremos em muito breve a terceira força do Futebol Goiano, pois, a julgar pela Série B de 2016, Atlético e Vila Nova estão nos deixando para trás.

    Comentário by Almir — 21 de setembro de 2016 @ 22:52

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário