Goiás não se encontra e perde em Curitiba 2 junho 2014 RICARDO

A derrota para o Coritiba foi bastante sentida pelo elenco esmeraldino. Tal fato se deve à aspiração à liderança, que foi prejudicada pelo revés e também pelos três gols tomados logo no primeiro tempo. Com o resultado, o Goiás ficou, inclusive, fora do G-4 e agora terá de aguardar ao retorno da Série A após a Copa do Mundo.

O técnico alviverde, Ricardo Drubscky, analisou a partida. “Foi um jogo decidido em alguns detalhes. O Coritiba foi apenas duas ou três vezes ao ataque só e fez os três gols. Nós chegamos, tivemos chances e condições de marcar, mas não concretizamos. O placar foi muito elástico para o que foi o jogo, muito distante da realidade. Não foi uma atuação maravilhosa, mas o placar exagera no que foi a partida. Os gols no primeiro tempo minaram o nosso time psicologicamente”, disse o treinador.

Além disso, o comandante técnico explicou o motivo das mudanças na equipe goiana. “A gente tem que ir avaliando todo mundo, estamos em período de conhecer e testar o elenco. Mesmo vencendo, a equipe estava apresentando falhas na armação e no ataque, não era perfeita. Tentei dar um pouco mais de força para a equipe, mas não aconteceu. Ainda não tenho titulares, estou em fase de observação e em período de formação da equipe. Cada jogador está buscando seu espaço”.

Apesar da derrota, Drubscky não deixou de elogiar o bom começo de seu time no Brasileirão. “O que fizemos até aqui foi excelente. Isso não significa que eu queria ter ficado nos 15 pontos, queria ter ido além se possível, mas já foi excelente. Muitos clubes do campeonato queriam estar onde nós estamos, podem perguntar para a maioria dos clubes. Esse último resultado foi uma derrota triste, mas temos que digerir bem, porque fizemos nossa parte e conseguimos pontos importantes”.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário