Goiás não quer reviver sequência dramática do primeiro turno 29 outubro 2014 LIMA

O Time Esmeraldino vai iniciar no próximo Sábado (01/11), uma série de 5 jogos que foram uma lástima no primeiro turno. Os resultados negativos vieram nas rodadas 13ª até a 19ª, nesse período o Goiás somou apenas 4 pontos e aconteceram 5 derrotas consecutivas.

Nesse segundo turno, a mesa sequência acontecerá, só que o Verdão jogará em seus domínios, com o fator campo a seu favor o Alviverde quer ter um melhor aproveitamento.

A primeira partida será contra o Fluminense(RJ) e Bahia(BA). Depois, acontecem partidas alternadas no Serra Dourada e fora de Goiânia, o Goiás encara o Internacional(RS), Corinthians, Cruzeiro, Atlético(PR) e Chapecoense, essa será a última partida pelo Campeonato.

Com esses confrontos, o Esmeraldino encara quatro clubes que estão na briga pelo “G4″, e dois que estão ameaçados pelo rebaixamento, e um time que está no meio da tabela. “Ali, no primeiro turno, agente deixou muitos pontos que poderiam fazer a diferença. A gente tem novamente a chance de recuperar e, quem sabe, buscar um algo a mais lá na frente”, frisou o laeral esquerda Lima.

O Verdão tem hoje 41 pontos, está na nona colocação, o Goiás está a 5 pontos do oitavo colocado e tem apenas um ponto a mais que o décimo e o décimo primeiro. Para o lateral esquerda Lima, não existe desanimo e prefere não mencionar em que posição da tabela o Goiás deseja. “É complicado analisar até onde dá para chegar. Pode ter muita surpresa até o fim, tem muitos pontos a serem disputados. Nós vamos procurar somar o maior número”, sentenciou o jogador.

** O Infobola.com.br, do matemático Tristão Garcia, aponta 45 pontos como necessário para não cair, mas diz que o Goiás não tem mais risco de rebaixamento, mesmo com 41.

** O Chancedegol.com.br e o Departamento de Matemática da UFMG dão 0,2% a 0,4% de risco de queda e “quase 0% e 0,048% de chance de Libertadores

Para o confronto diante do Fluminense, no próximo Sábado, o Goiás só não poderá contar com o atacante Samuel, que está emprestado pelo Tricolor Carioca e não poderá atuar diante do time que detêm seus direitos. O meio campista Ramon, que saiu de campo contra o São Paulo, com uma torção no joelho, ainda não está vetado.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário