Goiás foi valente, venceu o time Equatoriano, mas perde vaga nas penalidades 16 outubro 2014 SUL AMERICANA

Nos primeiros minutos, o Goiás adotou postura cautelosa e pouco incomodou o Emelec. Mais solta, a equipe equatoriana chegou a reclamar de pênalti, logo aos três minutos: após cobrança de escanteio, Baguí acionou Bolaños, que carimbou a marcação em sua firme conclusão. Entretanto, o árbitro colombiano Wilmar Roldán deixou o jogo seguir.

Porém, quando o relógio apontou a marca dos 19, o Goiás inaugurou o marcador e incendiou seus torcedores. Acionado em velocidade pelo setor direito, Érik invadiu a área, deixou Narváez no chão com um corte seco e finalizou colocado, no ângulo direito de Dreer.

Com o placar em mãos, o Esmeraldino atacava com inteligência, sem se expor demasiadamente, e sempre explorando o costado de Baguí. Por sua vez, os visitantes tentavam tocar a bola. Todavia, tinham dificuldades para escapar da forte marcação imposta pela sólida linha defensiva.

Logo no primeiro minuto do período complementar, o Goiás desperdiçou uma grande oportunidade de selar a classificação: o volante Thiago Mendes invadiu a área com liberdade, mas, finalizou pela linha de fundo, assustando Dreer. A resposta do Emelec veio no ataque seguinte, em chute firme de Bolaños, que exigiu bela defesa de Renan.

Quando o relógio apontou a marca dos 22, Ricardo Drubscky, que já havia trocado David por Ramón, colocou o experiente centroavante Bruno Mineiro na vaga de Tiago Real. O atacante teve uma grande chance aos 29, entretanto, após receber passe preciso de Esquerdinha, parou em defesa providencial de Dreer.

Nos acréscimos, quando a tensão pelas penalidades máximas já preocupava o torcedor esmeraldino, Érik perdeu a grande chance de se consagrar: o jovem atacante arrancou pela ponta esquerda e invadiu a área com liberdade. Porém, cara a cara com Dreer, se desequilibrou e concluiu incrivelmente à esquerda da trave.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário