Goiás elimina Santo André, e mais uma vez vence sem empolgar 2 abril 2015 GOIAS

O Goiás se garantiu na 2ª fase da Copa do Brasil, mas não está em paz. A vitória por 1 a 0 sobre o Santo André assegurou a classificação, no Estádio Serra Dourada, ontem, mas não apagou o mal-estar pela atuação pouco empolgante e deixou pressão sobre o técnico Wagner Lopes, que pode ser demitido hoje, após reunião com o presidente do clube, Sergio Rassi, e o diretor de futebol, Harlei.

A intenção do encontro com os dirigentes é aparar arestas sobre o momento de marasmo do clube, que não emplaca bons jogos, apesar de conquistar os resultados – também está na semifinal do Campeonato Goiano.

O Goiás tinha a vantagem do empate por ter vencido por 1 a 0 o jogo de ida contra o Santo André. Ontem, na comemoração do gol de Erik, que voltou a jogar pelo time após uma semana com a seleção brasileira olímpica e, apesar de atuação discreta, foi decisivo, os jogadores foram ao encontro de Wagner Lopes no banco de reservas e o abraçaram. Sobraram afagos e tapinhas na cabeça do treinador. Foi uma espécie de recado de “estamos com você”.

“Ele merece, é um grande treinador. A comissão técnica faz um ótimo trabalho”, afirmou Erik, que marcou seu quinto gol na temporada. “Todos nós estamos fechados. Buscamos um melhor jogo, melhores apresentações, mas o trabalho (do treinador) é correto”, completou o volante David.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário