Goiás coloca uma mão na taça! 26 abril 2015 placar final

O Goiás bateu a Aparecidense por 2×0 jogando no Estádio Anibal Batista de Toledo, no primeiro jogo da final do campeonato goiano. O resultado do jogo pode levar o torcedor que não assistiu a partida pensar que o Goiás destruiu em campo. Não foi bem isso, entretanto, o time esmeraldino soube tirar proveito de sua grandeza, do peso da sua camisa, ampliando a vantagem.

Hélio dos Anjos desenhou uma zaga com três homens. O garoto da base, Deivid, estreou. Alex Alves, deslocado, não foi o legítimo lateral esquerdo e sim terceiro defensor. Esquerdinha foi para o sacrifício e fez o papel da marcação de Eduardo Arroz na lateral. Zaga tumultuada, meio campo tumultuado, a Aparecidense não conseguiu criar as jogadas, se limitando a arriscar nas bolas paradas. O treinador do Goiás, adotando esse sistema de jogo, deu um nó tático no adversário e foi o responsável direto pelo triunfo.

O JOGO

O Goiás começou fulminante. Com um minuto de jogo, Erik sofreu pênalti. Felipe Menezes bateu de forma perfeita deslocando o goleiro. Goiás 1×0 Aparecidense. O gol foi um balde de água fria nas pretensões do time anfitrião. O meio campo do Goiás não criou muito, porém não estava muito preocupado, uma vez que a Aparecidense se mostrava apática. O primeiro tempo transcorreu sem maiores contratempos. Renan foi um mero espectador.

Veio o segundo tempo. Logo aos cinco minutos, Renan bateu tiro de meta, a bola foi escorada por Bruno Henrique e sobrou para Felipe Menezes. Ele bateu de fora de área, um foguete como é sua característica, e ampliou. A bola foi na gaveta, indefensável para o ex-goleiro alviverde Pedro Henrique.

Veja os gols da partida clicando aqui

Com esse gol a Aparecidense desanimou de vez. Diante da postura tática fechada do time verde, o time do interior não conseguiu penetrações que resultassem em perigos de gol.

E ficou assim. Aparecidense 0×2 Goiás. Com o resultado, o Goiás ampliou a vantagem e pode empatar e até mesmo perder o segundo jogo no Serra Dourada por dois gols, que ainda assim se sagrará campeão do torneio regional.

Ao final do jogo, Hélio dos Anjos, em entrevista coletiva elogiou a postura tática da equipe, que obedeceu rigorosamente suas orientações. Disse que o time jogou com a bola e sem ela e deixou transparecer que tem participado das decisões do conselho diretivo do clube. Ele ressaltou que conversou com meia Esquerdinha acerca de sua renovação com o clube esmeraldino e que espera também, ansiosamente, a renovação do volante Rodrigo, visto que ambos são muito importantes para a sequência da temporada.

FICHA TÉCNICA

APARECIDENSE 0X2 GOIÁS

Local: Estádio Aníbal Batista de Toledo, em Aparecida de Goiânia (GO)
Data: 26/04/2015, às 16h
Árbitro: Wilton Pereira Sampaio
Auxiliares: Márcio Soares e Bruno Pires

Gols: Felipe Menezes 1’ 1T (0-1), 4’ 2T (0-2)
Cartões amarelos: Eduardo Arroz (Aparecidense); Ygor, Renan (Goiás)

APARECIDENSE: Pedro Henrique; Eduardo Arroz (Leonardy), Felipe, Mirita e Paulo César; Jeferson, Geovane, Washington e William Kozlowski. Robert (Diego Lira) e Tôzin (Elionar Bombinha). Técnico: Márcio Azevedo

GOIÁS: Renan; Éverton, Felipe Macedo, Deivid (Júnior Lopes) e Alex Alves; Ygor, Rodrigo, Esquerdinha e Felipe Menezes (Paulo); Bruno Henrique (Carlos) e Érik. Técnico: Hélio dos Anjos

 Reportagem Juninho BILL

Tags:, , ,

4 Comentários Quero comentar!

  • HAILÊ PINHEIRO É CULPADO? Todos nos temos a mania de culpar as outras pessoas pelo fracasso. Nunca achamos que deveríamos fazer algo para modificar o que está errado, sendo mais cômodo transferir responsabilidades.
    Estamos vendo uma parte da torcida do GOIAS ESPORTE CLUBE, atirando pedra no Sr. HAILÊ PINHEIRO, Presidente do Conselho Deliberativo.
    Sou torcedor do GEC desde 1974, quando vim do interior de Goiás para residir em Goiânia. Durante esse tempo sempre ouvia através da imprensa que o Sr. Hailê Pinheiro era a pessoa que salvava a instituição GEC financeiramente e através de conselhos. O GEC teve grandes glórias no futebol, foi campeão goiano 24 vezes, vice campeão da copa do brasil, vice campeão da copa sul americana, 03 vezes campeão do torneio do centro-oeste, participou da copa libertadores da américa, etc.
    O GEC é um grande revelador de craques, não vou citar nomes para não fazer injustiças com alguns. Mas, o GEC já exportou craques para o Brasil e o mundo, basta termos a sensibilidade e conhecimento para reconhecer.
    O GEC está passando por turbulências, assim como todos os clubes do Brasil, devido a mudança da lei do passe e outras que sacrificaram todos os clubes. Acho que como bom empresário, ele usou sua experiência juntamente com o então grande empresário Presidente SERGIO RASSI e o GEC é um dos poucos clubes do Brasil que está saindo da crise. Estou convicto também de que o GEC está no caminho certo e em breve nosso clube estará sem dívidas e com um grande time de futebol.
    Conheço o Sr. Hailê Pinheiro, somente nos estádios, nunca troquei uma palavra com ele e nem ele sabe quem eu sou. Não tenho procuração para defende-lo, somente estou dando minha opinião sobre um homem que todos os esmeraldinos deveriam reverenciar agora e por toda a vida.
    Conclamo a torcida esmeraldina para neste domingo, (dia 03/05/2015), lotarmos o Serra Dourada, e aí sim temos condições de cobrar mais da Diretoria do nosso Goias Esporte Clube.
    Um abraço a todos.

    Comentário by ANTONIO EDIBERTODA SILVA MORAES — 26 de abril de 2015 @ 23:19

  • Penso que o gol no inicio do jogo foi como um banho de agua fria para a Aparecidense, time nao sofreu a pressão que eu esperava, a zaga se comportou bem e tudo está encaminhado para o Vigésimo Quinto.
    Decepcionante o público, por mais que você queira uma BMV e tem um FUSCA valorize seu FUSCA porque vc suou para conquistá-lo também!!!

    Comentário by Manoel Fernandes — 27 de abril de 2015 @ 14:03

  • Aparecidense assustou com a final…bora esperar o segundo jogo no Serra Dourada, concordo com o cumpadi Manelão o público foi decepcionante…eu faço parte dos que não foram no jogo,meu protesto vêm desde do jogo contra o Santos…mais estarei de volta ao Serra nos próximos jogos!!!Parabéns grande Juninho Bill pelo excelente texto

    Comentário by Wanderson Frose — 27 de abril de 2015 @ 14:27

  • Aquele velho gagá é bananeira que já deu cacho, se ele deu muito ao Goiás, Goiás deu muito mais pra ele. Se ele ta lá até hoje é pq é bom pra ele, se o poder só desse trabalho, ninguém queria ser presidente de clube de futebol, o cara fica em posição de status e ganha muito com isso.
    Já de Hailé, pegue seu banquinho e saia de mansinho!!!

    Comentário by Dico Nascimento — 27 de abril de 2015 @ 17:33

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário