Goiás apenas empata com o Gama e confirmação do título fica para o próximo Domingo 23 janeiro 2015 GOIAS X GAMA

O Goiás foi o dono das ações durante boa parte da partida. Finalizou muito a gol. Mas foi pouco eficiente. E com isso apenas empatou por 1 a 1 com o Gama, ontem, e deixou o Estádio do Bezerrão, no Gama (DF), ainda com esperança de lucrar US$ 100 mil (cerca R$ 262 mil), se for campeão do torneio amistoso Granada Cup. O time alviverde terminou a disputa na liderança da chave que teve, ainda, o Zalgiris Vilnius, da Lituânia.

O time Esmeraldino fica a espera do jogo entre Shakhtar Donetsk x Cruzeiro, domingo, às 5 da tarde, no Estádio Nacional, em Brasília.Para ser Campeão o time da Ucrânia terá de bater o time Mineiro, mas não basta apenas vencer, o Shakhtar, terá de fazer saldo de dois gols do time Esmeraldino, e também não poderá receber  mais cartões amarelos que o time do Goiás.

Na estréia, o Shakhtar empatou com o Flamengo em 0 x 0. Já o Goiás venceu o Zalgiris pelo placar de 2 a 0. Mas o time Esmeraldino mesmo que não venha a embolsar a premiação, já considera ter lucrado com esse torneio. O comandante técnico Wagner Lopes disse que o jogo diante do Gama, foi um bom parâmetro para aquilo que o seu time irá encarar no Goianão/2015.O verdão joga no próximo dia 31, 19:30, contra o Trindade, na Serrinha. “Vamos passar muito por isso, com os times jogando fechadinhos, no contra-ataque”, disse o treinador à Rádio 730. Ele demonstrou insatisfação com o acionamento das laterais.

Wagner mexeu menos na equipe que na partida anterior com o Zalgiris. Foram quatro mudanças diante do Gama, contra nove mexidas. O Goiás parece ter incorporado a postura amplamente ofensiva, que é característica de seu técnico. Teve bom volume no ataque, principalmente no primeiro tempo, mas errou muitas finalizações. O alviverde somou sete oportunidades de fazer um gol na etapa. Demonstrou tanta avidez que o lateral direto Dudu Gago acabou expulso, aos 19 minutos, ao parar a arrancada que deixaria Erik na cara do gol. A punição foi fundamental para colocar o Goiás na 1ª posição da chave.

Porém, mesmo com dez jogadores, o Gama aproveitou a desorganização da defesa esmeraldina. Aos 35, Daniel sequer precisou subir para cabecear o cruzamento de Galhardo: 1 a 0.

O empate veio aos 5 do segundo tempo. Erik completou, caído, o toque de Esquerdinha. Depois disso, o Gama se fechou. O Goiás dominou o meio de campo, porém errou passes e levou menos perigo que antes do intervalo.

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário