Faltam 12 pontos e 11 rodadas. 27 setembro 2016 12

Que números esses, não? Então meus amigos, o nosso glorioso Goiás, ainda precisa de mais 11 ou 12 pontos para não sofrer um rebaixamento humilhante para a Série C do Campeonato Brasileiro.

Já vi e presenciei momentos do nosso querido verdão deploráveis, mas lhes confesso nunca havia visto uma diretoria tão inerte e sem sangue nas veias. Parece que eles não se importam com o que está ocorrendo no clube.

grafico-em-quedaFalar em falta de planejamento no alviverde é chover no molhado, isso não ocorre por lá desde 2007, a não ser em 2012 quando o time realmente passou por planejamento em meados de 2011. E o resultado foi aquilo que vimos, um time forte e vencedor. Mas de lá para cá a coisa degringolou e muito no que tange a parte administrativa do clube.

E hoje temos de ficar fazendo contas para nos manter na Serie B. Outrora fazíamos contas, mas para permanecer na elite do futebol Nacional. Começo a pensar que os homens que dirigem o clube estão apaixonados ou se apaixonando pela “Bzona”, afinal disputar uma Serie B é mais barato, não é, Sr Haile ? Incluo nesse “bolo catastrófico administrativo” o maior algoz do torcedor Esmeraldino, leia-se: Edminho Pinheiro. O quê esse Senhor vem fazendo no Goiás é avassalador, pois ele coloca primeiro o seu alter ego, depois que venha o Goiás.

Indo para dentro das 4 linhas, percebemos que o time taticamente vem melhorando. Claro que ainda faltam detalhes, mas já é visível essa ascensão. Há notícias – de fonte segura – que a partir do jogo contra o Paraná, o “bixo” será reforçado em caso de vitória, fruto de um acordo entre comissão técnica, atletas e diretoria. Já é um bom incentivo, sem dúvida. Só as vitórias interessam a essas alturas do campeonato, portanto, é tudo ou nada!!!

Carecemos de um meia armador, pois Daniel Carvalho saiu, e isso mudou o ambiente entre os jogadores. Ao que parece, o DC 10 não era benquisto pela maioria dos atletas. O Léo Lima, é ótima pessoa, gosta da torcida, foi um craque, mas hoje não dá mais conta de jogar os 90 minutos. O elenco atual conta hoje com quase 50 jogadores e isso é inadmissível em se tratando de um time profissional como o Goiás. Para 2017 fico aqui na torcida para que o Kleina já esteja planejando o acesso e que, feito isso, resgate a confiança do torcedor Esmeraldino.

Cícero JR

Tags:, , , ,

2 Comentários Quero comentar!

  • Parece “time de bairro”, quase 50 jogadores, mas se precisar montar 1 time inteiro não dá. Achei que depois de 2011 não ia mais passar por isso, é humilhante isso que a diretoria vem fazendo com sua torcida. =/

    Comentário by Tubas — 27 de setembro de 2016 @ 11:27

  • Ainda vamos subir, Tubão…!!! hahahahahah (ironic mode ON)

    Comentário by Juninho Bill — 27 de setembro de 2016 @ 12:07

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário