Extensão do gramado do Serra não é impactante em resultados positivos para o Goiás 5 agosto 2015 LINIKER

O Goiás vem muito mal no Campeonato, já figura no Z4 a duas rodadas, e para tentar sair desse incomodo, tentará usar as dimensões do Estádio Serra Dourada para tentar vencer o Atlético(MG), nesse Domingo. O gramado do Serra é 15,5% maior que as modernas arenas construídas para a Copa do Mundo, no País, como por exemplo o Mineirão e o Independência. O atual técnico do alvi negro mineiro, Levir Culpi, é um ferrenho crítico sobre o tamanho do gramado, quando o seu time venceu o Esmeraldino por 3 x2. “Alguém conhece alguma quadra de vôlei maior que a outra? Uma quadra de basquete maior que a outra? Só existe isso no futebol brasileiro. Se é padrão Fifa jogar 105m por 68m, porque jogar em um campo 110m por 75m? Isso favorece contusões. É uma medida simples de tomar. Não tem ninguém fora da lei, mas fora da razão”, afirmou Levir, à época.

A declaração gerou uma consulta da administração do estádio aos dirigentes de Goiás, Vila Nova e Atlético, que não quiseram a redução. Para os profissionais responsáveis pela parte física do Goiás, o posicionamento dos clubes tem mais ligação com a tradição, do que com uma vantagem por causa do desgaste dos rivais.

Dany Sérgio, fisiologista do Goiás, foi perguntado se o tamanho do campo pode trazer problemas ao final das partidas, “Se o tamanho do campo influencia no resultado? Acho que não”, ressalta o preparador físico. Ele conta que não há trabalhos físicos específicos, no Goiás, para partidas no Serra. Porém, o alviverde treina em campos com duas dimensões para se habituar taticamente às medidas do estádio goiano e ao padrão mais comum no País, ao qual o Galo está mais adaptado.

O fisiologista Esmeraldino, crê mais nos fatores como o tempo seco e quente desses meses em nosso Estado, tem muito mais peso para os adversários, do que o fator dimensão do gramado.

Liniker que entrou bem contra o Coritiba,no empate em um a um, espera voltar ao time titular diante do Atlético(MG), inclusive foi dele o gol de abertura do placar na Capital Paranaense, o jogador de 22 anos, fica na expectativa que pelo desempenho e o gol, sejam suficientes para que ele inicia a partida do próximo domingo.O Atlético é o líder, e contra equipes grandes, a gente foi bem”, citou Liniker. Ele pode ser umas das alterações do sistema ofensivo, que está na zona de rebaixamento.

Foto O Popular

 

1 Comentário Quero comentar!

  • Fazia diferença quando o Goiás tinha o melhor preparador fisico do Brasil, hoje passou a ser foi um problema para o Goiás já que o time está morto depois dos 25 do segundo tempo.

    Comentário by Marcos — 6 de agosto de 2015 @ 13:46

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário