Empate no primeiro teste 24 janeiro 2016 jogo treino

O Goiás hoje fez seu primeiro e último teste antes da estréia do Campeonato Goiano contra seu principal rival, o Vila Nova . Iniciando com o mesmo time que realizou os treinos durante a semana, Renan no gol, Sueliton, David e Felipe Macedo na zaga, Juninho, Patrick e Wendel, Daniel Carvalho, Carlos, Murilo no meio e Rafhael Lucas no ataque .

O Goiás tomou a iniciativa de ataque e tinha mais posse de bola no ínicio da partida. O Planaltina até dava trabalho, mas a boa colocação dos defensores esmeraldinos evitou que o time passasse muito sufoco.

Iniciando o time com o sistema tático tão conhecido  4-2-3-1, o time do Planaltina demonstrou muita qualidade na sua estrutura tática, dificultando as ações de ataque da equipe esmeraldina. Com time preso e cansado de uma pré-temporada forte, poucas jogadas de ultrapassagem e triangulações foram notadas. Priorizando a posse de bola, o time do primeiro tempo realmente trabalhou as jogadas em ritmo de treino.

A primeira finalização do Goiás veio nos pés do volante Patrick, mas a bola foi por cima do gol. O jogador se mostrava muito participativo em campo ao lado de Daniel Carvalho. Murilo também estava bem ativo e quase chegou a marcar duas vezes.

jogo treinoII

Rafhael Lucas, que era a maior expectativa no ataque do Goiás, não conseguiu balançar as redes e sofreu muito com a forte marcação do Planaltina. Nas duas oportunidades que recebeu na cara do goleiro, estava em posição de impedimento.

O time candango jogando com uma linha de 3 zagueiros, deu ao treinador Enderson Moreira a opção de mudar o sistema para o não tão conhecido 4-2-1-3, em que “grudou“ os três atacantes na linha de zaga da equipe adversária, assim melhorando as jogadas da equipe esmeraldina. Uma jogada sensacional chamou a atenção: triangulação entre Daniel Carvalho e Murilo, contudo, o meia da base esmeraldina pecou na finalização. Os grandes destaques do time A do Goiás foram Daniel Carvalho e Wendel, o primeiro apesar de mal fisicamente, realmente é um craque na acepção na palavra ,quando toca na bola mostra que é diferente dos de mais, e o segundo, extremamente experiente, líder do meio campo , organiza a todo momento a equipe e será com certeza o capitão do time em 2016 .

Segundo tempo uma mudança radical na equipe. Todos os 11 jogadores foram substituídos, o Goiás veio com Ivan, Johnathan , Wesley Matos e Alex Alves, Everton, Willian, Rezende, Artur e Liniker, Wagner e Edson Junior.

O meia Wagner esteve muito participativo, mas tinha dificuldades no domínio de bola. Ele teve boa oportunidade de marcar quando recebeu lançamento na frente de Willian, mas não finalizou. Quando tentou uma bicicleta, mandou a bola pra fora.

Difícil julgar a equipe, pois com pouco entrosamento vimos um time com mais velocidade e vontade, destaque pro atacante da base Edson Júnior, com boa movimentação. O lateral improvisado na esquerda, que mesmo sendo destro, se destacou mais que Everton na direita. Grande destaque do time B do Goiás foi o volante Willian, muito técnico e com muito conhecimento tático, com certeza conquistará sua vaga de titular .

Johnatan, lateral promovido da base, mostrou boa capacidade individual e muita velocidade, sendo um dos principais destaques do segundo tempo. O zagueiro Wesley Matos também passou segurança ao entrar em campo.

O treino foi extremamente tranquilo, pessoas podem achar que um empate contra o pobre Planaltina deveria causar problemas nos corredores da Serrinha. Mas ficou nítido a falta de pegada de jogo da equipe goiana, afinal , “treino é treino e jogo é jogo”.

Reportagem Wagner Oliveira com a colaboração de João Gabriel França

Tags:, , ,

2 Comentários Quero comentar!

  • Hum…seria esse Johnatan o primeiro LE decente revelado na Serrinha desde Ronildo? Tomara,pois bem para contratar se está achando.

    Comentário by Gasparzinho — 24 de janeiro de 2016 @ 12:17

  • Johnatan é lateral direito, jogou improvisado.
    A tomar por esse jogo, Everton vai perder a vaga de reserva do Sueliton.

    Comentário by Ivanez — 24 de janeiro de 2016 @ 14:25

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário