“…Ele voltou, o artilheiro voltou novamente… Partiu daqui tão contente…” 22 agosto 2016 walter voltou

Walter, ídolo da torcida esmeraldina, chegou em Goiânia nesta segunda-feira por volta das 14:30h, dia 21, para assinar seu novo contrato com o Goiás. O jogador desembarcou no aeroporto Santa Genoveva, onde foi recepcionado e ovacionado por mais de trezentos fanáticos esmeraldinos.

Waltão da bulaxa, Tufão, Warti Mabel, Walter Trakinas, Gordim da 18 são alguns dos codinomes que o atleta recebeu quando jogou no Goiás em 2012/2013. Ele é idolatrado pela torcida pela sua simplicidade, carisma e principalmente por tantos gols marcados, principalmente na campanha vitoriosa do último acesso. O sotaque brejeiro, por exemplo, ao pronunciar a palavra Goiás como “Goiar” é o que menos importa nesse momento. O torcedor verde carente de ídolos – e que já idolatrava o mito Léo Lima – entrou agora em estado de êxtase com a contratação de Walter.

Quase ocorreu um orgasmo coletivo quando o ex-gordinho declarou: “Minha vontade de vir para cá era muito grande, lá é difícil, poucos acreditaram, mas a vontade do jogador é o que importa. Estou feliz para caramba. Eu falei que ia sair daqui e um dia voltar e hoje estou aqui. Não vejo a hora de estrear logo”.

Goiás-Walter-Comemora-branco-640x480-DaviRibeiroFotoarenaA bem da verdade, o torcedor esmeraldino sempre reverenciou Walter, porque mesmo estando acima do peso, ser extremamente carente – psicologicamente falando – ter uma péssima dicção e um português mal “dizido”, ele fazia o quê a galera queria de um atacante: bola na rede!

O atacante, ainda estupefato com tantos torcedores no aeroporto, disse emocionado: “O acerto foi o amor, uma vontade muito grande de voltar. Não importa se é Série B ou Série C, o mais importante é o carinho e o amor. Estou muito feliz, se Deus quiser, vamos dar a volta por cima. O Goiás não tem que ficar nesse lugar, tem que ser primeira divisão”.

A diretoria fez um esforço hercúleo para trazê-lo e essa negociação envolve pagar a parcela que Atlético/PR deve ao Porto de Portugal – cerca de dois milhões de reais – passando a ter cerca de 10% dos direitos federativos que  pertenciam ao CAP. Além disso, o Goiás arcará com os mesmos salários que Walter recebia no rubro-negro paranaense, acima de três dígitos – que por ética, o FE não vai divulgar.

A expectativa é que o atacante que está em plenas condições de jogo, estreie contra o Criciúma, dia 30, no Serra Dourada, se a tramitação da documentação e a anuência do time do Porto ocorra em condições normais.

A verdade é uma só: o torcedor esmeraldino quer Leo Lima 27 e Waltão 18 no time imediatamente. O treinador que arrume mais nove…

Reportagem Juninho BILL

(Fotos: Globoesporte e Gazeta Esportiva)

Tags:, , ,

3 Comentários Quero comentar!

  • Plena vdd é verídico tudo que já foi batido na tecla aqui nesse site: hj mais um idolo da torcida Esmeraldina desembarcou com um belo sorriso é Com uma baita vontade de “meter” gols. Com muita garra, pelo o que demonstrou, nos torcedores esperamos essa bela estréia e que o verde venha reagir o quanto antes. Sabemos que ele sozinho não irá fazer nenhum
    milagre, mas sabemos que se todos jogarem com garra e determinação sairemos dessa zona de desconforto…
    Bela reportagem JUNINHO!!

    Comentário by Lud — 22 de agosto de 2016 @ 23:10

  • Waltao seja bem vindo, toda sorte do mundo nessa sua volta.
    LL, Mito Rossi, Waltao e mais oito.
    Avante Gigante do Cerrado e que comece o terror!!

    Comentário by Manoel Fernandes — 22 de agosto de 2016 @ 23:14

  • Walter! Ele voltou, o codinome Tufão, hj em nada representa o atacante. Water está em excelente forma física, muito parecida qdo apareceu para o Brasil, vestindo a camisa canarinho. Walterror tem tudo para repetir o q fez por aqui qdo da sua primeira passagem. Sucesso Walter. A torcida do Goiás está contigo.

    Comentário by Cícero junior — 23 de agosto de 2016 @ 11:13

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário