Derby no Serra Dourada! 8 fevereiro 2015 ACG x Goiás

O maior confronto futebolístico do Centro-Oeste e Norte do Brasil tem data marcada: tarde de 08/02/2015 no Serra Dourada.

Sem dúvidas, os maiores representantes do futebol nessas duas regiões, o Goiás Esporte Clube na série “A” e o ACG na “B”. Os outros dois times, também na segunda divisão, são Luverdense/MT e Payssandu/PA.

É ou não é, o Goiás, único integrante da série “A”, o maior clube dessas cercanias?? Não há nenhum outro melhor no Estado de Goiás, no Mato Grosso, no Mato Grosso do Sul, em Rondônia, no Acre, no Amazonas, em Roraima, no Amapá, no Pará, no Tocantins e nem tampouco no Distrito Federal.

A bandeira esmeraldina flameja de forma absoluta e sem quaisquer sombras concorrentes, por esses rincões!!

É questão de orgulho. É questão de ser “duente” pelo Goiás, parafraseando aquela antiga peça publicitária do Nação Esmeraldina.

Voltando ao embate desse domingo, já dizia o poeta de botequim: “clássico é clássico e vice-versa”. Para os neófitos, a explicação: Qualquer coisa pode acontecer!! Qualquer resultado, desde que não seja goleada, é absolutamente normal.

A opinião de dois ícones da crônica esportiva esmeraldina merece destaque: Cícero Junior e Marcelo Profeta. O primeiro acredita que o time do ACG é mais “encorpado” que o Goiás e considera a agremiação verde muito imatura e inexperiente; Já o segundo, preceitua que o treinador Wagner Lopes sabe tudo de ACG, inclusive suas deficiências, e por isso, o Goiás é favorito.

É com imenso pesar que ouso discordar das duas “feras”. Não penso que o ACG seja mais “encorpado” e nem tampouco que haja resquícios da era Wagner Lopes no clube de Campinas.

Vejo o Goiás com uma comissão técnica melhor e aliado a isso, mais variações táticas; melhor elenco e por isso várias peças de destaque, de referência e decisivas, como também boas opções de reposição; melhor preparação física e fisiológica, que se transformam em explosão física no segundo tempo; melhor volume de jogo, se analisarmos os dois primeiros duelos do torneio; melhor estrutura física, financeira e administrativa; e, por fim, infinitamente uma pré-temporada bem superior a do adversário rubro-negro.

São por essas razões que, mesmo se tratando de um clássico, há um favoritismo estampado da equipe verde, e, por consequência, a vitória, caso ocorra, será a lógica.

Todos os caminhos levam ao Serra Dourada!! O mando de campo é do Atlético, todavia o mar verde e branco deve ser a tônica no estádio. A torcida esmeraldina, como todos sabem, é estratosfericamente maior! E o “melhor”, até a direção do ACG reconhece essa verdade. Com o fito de angariar recursos em cima dos “moxés” – ainda assustados com os valores do programa de sócio torcedor – os dirigentes campineiros baixaram os preços dos ingressos! Trata-se de um valor irrisório, se considerarmos o provável espetáculo que ocorrerá no gramado.

É hora da maior torcida do Estado de Goiás provar à diretoria serranhista que ela é forte, presente e aguerrida, e que o programa de sócio torcedor, denominado Nação Esmeraldina, necessita ser revisto.

Isso é tudo, por hoje, Família Esmeraldina! Até domingo que vem…!!

Juninho BILL

Tags:, , , ,

Jornalista e Bacharel em Direito

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário