Caiu a máscara da excelente gestão financeira! 9 novembro 2016 máscara caida no chão

Por várias, e reiteradas vezes, em inúmeras situações, defendi a administração do Presidente Sérgio Rassi a frente do Goiás. Porém, nos últimos dias refleti sobre este assunto e não vou dizer que me decepcionei, mas diria que eu fosse um dos poucos que, de certa forma, até defendia a gestão administrativa-econômica. Como temos o livre-arbítrio de pensar – e a propósito, este quesito falta pelos lados da Serrinha – caiu então por terra a capacidade de gestão, outrora defendida em partes por esse que vos escreve.

Em  2014/2015 o discurso foi de que não havia dinheiro devido a desorganização administrativa da gestão anterior, devido as antecipações feitas para se voltar para a divisão principal. Ficou sem patrocínio de camisa também e mal tinha patrocínio de uniforme.

Partindo para as 4 linhas, 2014 trataram de “fritar” aquele que até então foi o maior jogador do Goiás de todos os tempos, vestindo a camisa verde por 900 jogos, sendo humilhado a treinar em separado por um determinado tempo e sequer ficando no banco de reservas. Quanto “respeito e deferência” ao Harlei. O ano findou, e mesmo diante de tanta coisa errada, o ex-goleiro aceitou a barca de diretor de futebol, não porque era desejo seu, ou ego, mas porque Sérgio Rassi já estava caminhando para a solidão, e no final de 2015. Ele, Harlei, foi o eleito: 100% culpado pelo rebaixamento. Sobre o rebaixamento em 2015, falarei na próxima semana!

Então veio 2016, e o discurso: Seremos imbatíveis, vamos ganhar tudo! Veio o “renomado” Ximenes como diretor de futebol o que ele fez? Além de contratar jogadores ruins e ligados a um determinado empresário que tinha ou ainda tem passe livre pelos lados da Serrinha, fez contrato de todos até o final de 2016. Isso mesmo, ninguém tem contrato, daquela corja inicial, vencendo no fim de novembro. Ora, mas a Série B, não termina antes do final de novembro? Sobre Enderson Moreira, só digo que nunca gostei do trabalho dele, sempre o achei fraco, desde sua primeira passagem, tanto que está no America-MG, ele e o “amigo” Francis.

Hailé Pinheiro e outros agregados dizem que disputar uma série A custa caro, que ser campeão brasileiro, de uma copa do Brasil, Sulamericana ou disputar uma libertadores bem, levaria o Goiás a bancarrota! Então, nesta década atual, o Goiás se tornou um time de Série B, porque segundo eles, é barato e serve pra guardar dinheiro.

Os números abaixo não são exatos, são estimados. Entretanto não tão longe de uma realidade bem verdadeira, até porque o Goiás hoje, é uma espécie de Venezuela brasileira, tudo que dá de errado por lá, mas a culpa é da imprensa. Então impera o silêncio e proibição de se ter notícias, porque a TV e principalmente as rádios, radialistas e reporteres são os culpados.

Presidente, explique pra nós:

JOGADOR

SALARIO

Walter

R$ 250 mil

Renan

R$ 120 mil

Márcio

R$ 80 mil

Marcão

R$ 70 mil

Léo Gamalho

R$ 120 mil

Daniel Carvalho

(+ / – ) R$ 100 mil

Considerando a folha total, somente do profissional que é estimada em R$ 1.500.000,00 mensais, somente estes acima, correspondem a praticamente 50% da folha de 40 jogadores.

Então logo temos o seguinte:

  • Custo com folha do profissional anual aproximadamente                R$ 18,0 milhões             (+)
  • Custo com bixos pagos aproximadamente                                       R$  1.7 milhões             (+)
  • Custo estimado com rescisões aproximadamente                           R$   8.0 milhões              (+)
  • Custo com impostos anual aproximadamente                                  R$  14,4 milhões             (+)
  • Custo com direitos de imagem aproximadametne                            R$  ?
  • Custo com comissões de empresários aproximadamente               R$  ?
  • Redução de cota para 2017                                                              R$  9,0 milhões            (+)
  • CUSTO ESTIMADO APROXIMADO DA SÉRIE B 2016                              R$ 51,1 MILHÕES

Para todos que defendem ou defendiam a gestão ótima do atual presidente, melhor repensar!

Como dito, são valores aproximados, entretanto sintam-se a vontade para prestar esclarecimentos pertinentes frente as aberrações cometidas administrativamente falando.

E pra fechar, a meta do ano: TERMINAR NA FRENTE DO VILA! Faça uma gentileza Dr Sérgio Rassi, atenda ao apelo da sua própria família, entregue o boné urgente!

Até a próxima, irmãos esmeraldinos!

Wendll Faleiro

                                                                                                                               

Tags:, , ,

9 Comentários Quero comentar!

  • Excelente coluna viu ,top …
    Que ponto chegou essa administração desse Dr. Aff , quanta má formação ,quanta má gestão,anem viu ,e por cima ainda solta uma merda na mídia ,de querer fica na frente de seu rival .. vaza Dr…

    Comentário by Lud — 9 de novembro de 2016 @ 10:18

  • Observando os números tão claramente, me da uma decepção. Acho que o ACG gastou para “ser” campeão da série B não gastou nem a metade do que o Goias queimou no decorrer do ano de 2016.

    Comentário by Brayan — 9 de novembro de 2016 @ 10:20

  • Caramba, Wendell, está me surpreendendo positivamente. Fez uma estimativa de valores muito próximos da realidade praticadas no Goiás. Sergio Rassi, desde que assumiu a três anos, nunca se preocupou com o planejamento ano a ano do clube. Era sempre na base do “vamos tocando para ver no que vai dar”. E isso no futebol amigos não funciona. A incapacidade administrativa do Rassi é profunda, mas ele não admite, ele prefere repassar seus insucessos à superintendentes e ou funcionários do clube. Sergio Rassi qdo vai aos treinos é tido como a “maio piada” entre os jogadores. Ele é o único culpado? Não ! Mas quem detêm o poder do conselho não sairá do clube. Portanto Sr Sergio Rassi, faça um grande favor à torcida, nos de um presente, RENUNCIE !!!!

    Comentário by cicero jr — 9 de novembro de 2016 @ 10:58

  • Muito sensato meu amigo…ótimo texto parabéns !!!abraços

    Comentário by Wanderson Frose — 9 de novembro de 2016 @ 11:46

  • Obrigado a todos pelo prestígio.
    2017, está me dando calafrios!

    Comentário by Wendll Faleiro — 9 de novembro de 2016 @ 12:39

  • Muito Bom Texto.

    Gostei de tirar meu tempo para ler sua coluna.

    Comentário by Ulisses Peixoto — 9 de novembro de 2016 @ 13:18

  • Grato Ulisses Peixoto.
    Mas ainda tem um detalhe a ser corrigido:
    A folha salarial do Atlético – GO mensal é de R$ 650 mil, ou seja só o Walter paga praticamente a folha do atlético.
    O investimento total na casa dos R$ 10 milhões na série B.
    Sendo assim, a folha do Goiás mensal de R$ 1.5 milhões, paga a do atlético, do Vila e ainda sobra praticamente outra folha salarial do Atlético inteira!
    Adson Batista fez a diferença e se consolida como um dos melhores diretores de futebol do País este ano ou a B nunca foi tão fraca?

    Comentário by Wendll Faleiro — 9 de novembro de 2016 @ 13:22

  • Isso sem contar o facto de que no Goiás sobra goleiros e faltam laterais, por exemplo: Juninho lat.esq tem quem como reserva imediato? Saturnino? Esse aí jamais mostrou qualidade alguma!
    Sem contar que é muita burrice trazer o Márcio e deixar ele jogar um clássico contra o lagartixa, onde ele entregou muitos lances!!
    E só trouxe Léo Gamalho por exemplo, depois que ninguém praticamente era o concorrente, ai facilitou se não nem isso!
    E ainda tem Anderson Salles, Mattos, Artur (esse nem chegou a jogar) que não acrescentaram em NADA, somado o salario dos três que supomos que fosse 30 mil mensais, somados dão 90 mil, deve ter zagueiro melhor por menos que isso no Londrina por exemplo!

    Comentário by Felipe — 10 de novembro de 2016 @ 0:09

  • Wendel, excelente texto! Olha tenho batido nesta tecla desde a serie-A do ano passado que o Sérgio Rassi é um péssimo gestor!! Venho dizendo em todos os blogs que cobrem o VERDÃO! Poucos atentaram para isso.A impensa quase na sua totalidade sempre dizendo que ele ruim no Departamento de Futebol mas excelente na gestão administrativa/financeira!

    Enfim, além de PÉSSIMO GESTOR ele é o pior PRESIDENTE DA HISTÓRIA DO GOIÁS!!

    #RENUNCIARASSI

    Comentário by Ary Jr. — 10 de novembro de 2016 @ 0:22

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário