A ordem é sair da zona da degola! 10 setembro 2015 12006326_1036395913071882_695860452102348325_n

Os resultados da 24ª rodada até agora, favoreceram muito o Goiás Esporte Clube. Caso consiga a vitória contra o Sport nesta quinta-feira, às 19:30h, a equipe pode se distanciar um pouco da zona de rebaixamento, alcançando até mesmo o 14º lugar na tabela, uma vez que somaria (07) vitórias, enquanto a Ponte Preta ganhou apenas (06) vezes.

Confira:

Ponte Preta (14º) 0×1 Vasco (20º);

Atlético/MG 2×0 Avaí (18º);

Figueirense (15º) 1×1 Atlético/PR;

Coritiba (16º) 1×1 Fluminense;

Nestas circunstâncias, o confronto contra o Sport passou a ter alta dose de importância nas pretensões do Goiás. Nenhum outro resultado que não seja a vitória, interessa, afinal, além da possibilidade de se distanciar dos concorrentes, o time precisa sair da zona da degola!

Love e ErikO atacante Zé Love enfatizou que tem de fazer “um grande jogo” porque o time alviverde necessita da vitória para sair da “zona de desconforto”. A receita dele, para que o Goiás se afaste de vez do rebaixamento, é fazer o dever de casa, aproveitando jogos no Serra Dourada. “Nossa maior responsabilidade é dentro de casa. Aqui, a gente tem de construir, ganhar e fazer o fator casa prevalecer.”

Para este jogo, o técnico Julinho Camargo terá dois desfalques: o zagueiro Felipe Macedo e o atacante Bruno Henrique terão que cumprir suspensão automática. Os prováveis substitutos são Alex Alves e Murilo, respectivamente. Já o meio-campo Felipe Menezes, permanece fora dos gramados, em razão de contusão.

O Goiás irá a campo provavelmente com: Renan; Gimenez, Alex Alves, Fred e Diogo Barbosa; Rodrigo, Patrick e David; Murilo, Érik e Zé Love.

O ADVERSÁRIO

Os pernambucanos também não vivem uma grande fase na competição e não vencem há nove jogos. Estão em queda livre no torneio, e a missão do Leão da Ilha é reencontrar os caminhos da vitória, mesmo na casa do adversário.

O Sport terá uma formação mais ofensiva para enfrentar o Goiás. Para ainda poder sonhar com o G4, o treinador Eduardo Baptista deverá mandar a campo um time com apenas um volante de ofício, que, diga-se de passagem, conhece bem o Serra Dourada – Rithely – que foi revelado pelo Goiás e negociado com o Sport em 2011.

O rubro-negro deve entrar em campo com: Danilo Fernandes; Ferrugem, Ewerton Páscoa, Durval e Renê; Rithely, Wendel, Marlone e Diego Souza; Maikon Leite e André.

A ARBITRAGEM

O comando do apito ficará a cargo árbitro Thiago Duarte Peixoto (SP), que será auxiliado por Anderson Coelho (SP) e Fabrício de Moura (SP).

O REFORÇO

268133_ori_jubaO meia-atacante Juba, de 30 anos, poderá ser o novo reforço da agremiação esmeraldina para a sequência da temporada. O jogador já pediu a rescisão de contrato no Criciúma, clube pelo qual atuava na Série B do Brasileiro. O atleta foi indicado pelo técnico Julinho Camargo com o qual trabalhou em 2011 no Novo Hamburgo e em 2014 no Veranopólis, ambos do futebol gaúcho.

O atleta é o tipo “rodado” no futebol brasileiro, com passagens por diversos clubes, entretanto, foi o destaque do Operário de Ponta Grossa na conquista do campeonato paranaense sobre o Coritiba em 2015.

“Estamos esperando sair a rescisão com o Criciúma para conversarmos”, explicou o superintendente de futebol do Goiás, Harlei Menezes. O dirigente não informou o prazo estabelecido para o desenvolvimento da negociação e para que o jogador chegue a Goiânia para exames médicos e físicos. O certo é que o Goiás e o atleta devem se apressar, uma vez que a janela de transferências será fechada em 15/09/2015, terça-feira.

Reportagem de Juninho BILL

(Fotos: Jornal “O Popular” e Portal UOL)

 

Tags:, ,

Nenhum Comentário Quero comentar!

Nenhum comentário ainda.

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário