A missão de Harlei será árdua. Problemas não faltam… 7 dezembro 2016 who makes all decisions for you?

Conheço alguns chefes de restaurantes e nos momentos de lazer, eles sempre comentam o dia-a-dia em suas cozinhas. “Cozinha tem de ser organizada, do tipo uma bagunça organizada. Se tem uma coisa que não pode haver é a briga e ou desentendimentos entre os ajudantes”, exclamou um desses chefes.”

Desse exemplo passamos para o futebol do Goiás em 2016. Além dos fracassos dentro das quatro linhas e também fora delas, aconteceu um episódio, no mínimo, preocupante e nada legal. Esse episódio: chama-se Renan, Ivan e Márcio.

O relacionamento entre esses três atletas não chegou às vias de fato por um triz , mas é visível que não tem nada de bom acontecendo entres os 3 guarda-metas Esmeraldinos. O ambiente é ruim e muito pesado, daí fica mais fácil de entender o fracasso desses jogadores defendo o gol alviverde.

O diretor Harlei Menezes, que já identificou isso, terá de contornar esse problema. Aliás, não contornando, mas encarando de frente, e a partir disso, definir sobre a permanência de um deles, ou simplesmente a saída dos mesmos.

Tudo bem, eu sei, eles tem contrato em vigor por mais tempo, mas pode-se emprestá-los assumindo parte dos seus salários, o que já seria uma economia. Esse mau deve ser extirpado o quanto antes da Serrinha, sob pena de ter um novo trabalho sendo atacado pelas beiradas, ou melhor, pelo gol.

Estou confiante em um Goiás diferente daquele dos últimos anos, contudo, é necessário um pouco de paciência, pois talvez o trabalho não consiga de imediato os resultados que o torcedor tanto deseja. Para isso temos um bom exemplo, que é o time do Bairro de Campinas, que sequer chegou às semifinais do Goianão, mas em Dezembro conseguiu o tão almejado acesso à Elite do Futebol Nacional.

Cícero JR

Tags:, , , , ,

3 Comentários Quero comentar!

  • Simples, como fazer um bom café que para cada colher de pó adiciona-se 3 de açúcar e jamais deixar a água entrar em estado de ebulição ou fervura, pois atrapalha o sabor.
    Então, Ivan e Renan, “see you good by”, e caso Márcio não comece a dar resultado, By também.! Estes três ingredientes Márcio, Renan e Ivan cada um tem mais vaidade que outro.

    Comentário by Wendll Faleiro — 7 de dezembro de 2016 @ 11:49

  • Enquanto o diretor do atlético viaja, pesquisa e tenta a contratação de jogadores, no reino da serrinha harley, rassi, lucindo e turma brincam de celular, realmente tem algo de podre no reino da serrinha.

    Comentário by CESAR PETRI — 8 de dezembro de 2016 @ 10:17

  • Desculpa pela sinceridade, mas acho seus comentários muito parciais. Sempre tenta dizer que a atual diretoria está fazendo algo bom. O ponto é que o Goiás está uma vergonha, tem uma direção amadora, incoerente e incompetente! Até hoje não entendi o “episódio” Renan, a contratação do Marcio, entre outros “ex-jogadores” que estão no Goiás!
    O Marcio saiu do Atlético e time foi campeão pela primeira vez, ou seja, mais um paneleiro que mais faz mal ao time que bem. Não devia nunca ser contratado.
    Gostaria de ver o Goiás de volta a série A e com um bom time. Mas com essas pessoas que pensam mais em seu benefício próprio a fazer deste clube um GRANDE clube, tenho sérias ressalvas.
    Vejam o exemplo da Chapecoense… Muit menos dinheiro é muito mais competência.
    Harley não é diretor de futebol, cursinho não o qualifica a assumir um Goiás depois de um rebaixamento quase duplo.

    Comentário by Bruno — 9 de dezembro de 2016 @ 13:34

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário