A bagunça anunciada, aconteceu… 24 maio 2016 bagunça

Dois jogos, uma vitória e um empate, esse último diante do Londrina. E que time horroroso esse do Londrina… O Goiás então , meu Deus, mais um show de horrores.

O time não se encontra, nem dentro e muito menos fora das 4 linhas. Estão perdidos mais que cego em tiroteio, será?

Estou sentindo cheiro de algo podre no Ninho dos Periquitos. Estão contratando jogadores apostas, como Rossi recém apresentado, interessante Rossi é atacante, mas o próprio atleta disse não ter muita intimidade com o Gol. E aí, quem ta brincando com quem?

A torcida já não aguenta mais tantas engôdos, tantas falácias dos diretores Esmeraldinos. Sergio Rassi, entrará para a História do Goiás, como o pior dirigente à frente do Maior do Centro Oeste. Rassi já é o maior colecionador de fracassos como Presidente do time Esmeraldino.
Essa podre diretoria Alviverde, estou convicto, ficou feliz com a pancadaria no Estádio JK. Eles estão na torcida para que o time perca mais mandos de campo e assim ficar mais longe de Goiânia e do torcedor, e consequentemente os “apupos” e protestos dos sofridos torcedores do Goiás.

Estamos no mês de Maio, e o elenco já conta com quase 37 jogadores no elenco, e eles continuam contratando quantidade e não qualidade. Essa é a receita ideal para figurarmos mais um ano na série B. Aliás estou sabendo que por lá, entre aquela corja que comanda o Verdão, que a intenção é de voltar o time em 2017 ou 18. O próprio Ediminho, o algoz dos esmeraldinos, disse em entrevista que o Goiás não pode passar de 2019 sem estar de volta a elite. 2019, entenderam?!?

paulobaier-fernandoribeiro-fut

Aguardemos, mas que sinto muita coisa ruim vindo do alto da serrinha, ainda está para acontecer…

 

Sobre o jogo contra o Criciuma, nessa terça feira, 24/05, 21:30, no Heriberto Hulse, prevejo a primeira derrota Esmeraldina. Baseado nos dois jogos que vi, ou seja, Tupy/MG e Londrina/PR. Me baseio também na derrota, pois somos acostumados a não vencer a equipe Catarinense em seus domínios. Aliás, já tomamos goleadas históricas com times muito mais fortes, imagine o Goiás, que hoje é um arremedo de time, sem direção técnica e muito menos diretiva?

Cícero JR.

Tags:, , , ,

7 Comentários Quero comentar!

  • Excelente, texto, Cição.
    E pra mim, a diretoria esmeraldina começou a tomar gosto de série B a partir de 2011. Usaram como boa desculpa os problemas herdados pelo João Bosco Luz. Aliás, o sr. Hailé Pinheiro, eterno dono e presidente do conselho deliberativo do GOIÁS não deixou o JBL, assim como também deixou o Raimundo investirem em bons times e em situações inversamente proporcionais, permitiu que os mesmos deixassem rombos monumentais no VERDÃO? Pra que serviu então o conselho deliberativo esmeraldino?
    Com todo respeito ao Hailé e sua brilhante história de amor e dedicação ao GOIÁS, gratidão a parte e isso deve ser respeitado, mas se ele tem medo de “aventureiros”(palavra dele) transformarem o GOIÁS num vila ou num atlético sem torcida, isto já começou a acontecer.
    Passamos a perder o medo de disputar série B (de 2011 pra cá já frequentamos a série B 3 VEZES, enquanto entre 93 e 2010 só a frequentamos duas vezes), o que dá mais subsídios pra essa desconfiança da diretoria esmeraldina passar a gostar de FICAR NA SÉRIE B, soma-se a isso participações ridículas na Copa do Brasil, principalmente nos últimos três anos. Super valorização de campeonato Goiano (eu pessoalmente gosto de ganhá-lo mas não me iludo com tal conquista, aliás a única coisa que entramos pra ganhar, mas a diretoria de velhinhos tem verdadeira DEVOÇÃO por campeonato goiano). Gestões de diretoria de futebol cadas vez mais comprometidas pra nos empurrarem bombas em forma de jogador, tirar bastante dinheiro pra eles e dane-se o GOIÁS.
    Em resumo, Sr. Hailé Pinheiro, APEQUENARAM O GOIÁS!! O seu medo já se tornou realidade e o pior, NA SUA GESTÃO e na gestão do seu sobrinho que não é nem sombra do que foi o pai – Edmo Pinheiro. É nítido que pegam o dinheiro de rede bobo e reinvestem em tudo que não diz respeito ao GOIÁS: ônibus, bois, refrigerantes, carros, hospitais, em segundo plano investem em estrutura, pra não dizer que o dinheiro é totalmente perdido e por último investem em futebol, e tome contratações inúteis e pouquíssimas que dão certo (e olha lá, e na sorte!). APEQUENARAM o nosso GOIÁS, Deus do céu…e nós torcedores não podemos fazer nada, quer dizer, podemos sim, deixamos de frequentar o Serra…a cada dia eu mesmo deixo de gostar um pouco do GOIÁS que aprendi a torcer…de um GOIÁS guerreiro, que entrava em campo pra lutar, pra jogar futebol…nos últimos três anos só vejo um amontoado de jogadores, um amontoado de dirigentes incompetentes…só um amontoado…o que estão fazendo com o nosso GOIÁS, Cição???

    Comentário by GoiásAtéMorrer! — 24 de maio de 2016 @ 11:52

  • Cição…

    A coisa não tá fácil não!! Quanto ao jogo contra o Criciuma – sem querer ser chato – tb estou visualizando uma derrota homérica!

    Comentário by Juninho BILL — 24 de maio de 2016 @ 11:53

  • Isso não existe. Como que um time quer ficar na série B ? É incompetência de quem comanda mesmo.

    Comentário by Diego Moreira — 24 de maio de 2016 @ 12:42

  • Excelente texto Cição Parabéns. Em 1994 o Goiás e Atletico-PR estavam na série B , o Goiás subiu e o Atletico-PR ficou, hoje 22 anos depois o Goiás se tornou pequeno em comparação a esse mesmo time de Curitiba, pequeno em título de expressão porque sabemos que em estrutura está entre as principais do Brasil, aliás dizem que estrutura ganha título,mas essa regra não vale no Goiás e assim vamos caminhada e cantando e seguindo a canção conforme nossa diretoria deseja. #Lamentavel.

    Comentário by Manoel Fernandes — 24 de maio de 2016 @ 13:27

  • Ótimo texto Cícero! Ouvi falar que esse Rossi é do Francis Bacon, é isso msm?

    Comentário by Marcelo Profeta — 24 de maio de 2016 @ 13:39

  • Belo texto Ciceroconcordo, contigo viu,verdao jogou nada x nada viu ,e infelizmente hj tbm to sentindo cheirinho de derrota ai ,mais espera desse time todo “fudido” nem ….

    Comentário by Lud — 24 de maio de 2016 @ 14:46

  • Manoel Fernandes vc falou tudo, sou aqui de Curitiba e o Atlético/PR está muito mais muito a frente do Goiás, eles como nós tem um eterno presidente no clube o Mario Celso Petraglia mais diferente do velho MALDITO do Goiás ele pensam sempre como fazer o Atlético grande, construiu a Arena deu meta em 10 anos o Atlético ser campeão do mundo, agora compara quem pensa grande (Atlético/PR) e quem pensa pequeno ( Goiás ) …

    Saudações Esmeraldinas de Curitba

    Comentário by Felipe_SKR — 24 de maio de 2016 @ 19:38

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário