Esquecer a crise e pensar no futebol 11 março 2017 Torcida

Se o futebol já parou uma guerra, uma boa atuação descarta uma provável crise que já adentrava os muros da Serrinha. Março se iniciou com grandes chances de uma crise estourar na Serrinha. Goiás vindo de duas derrotas no Goianão e uma classificação suada na Copa do Brasil, com isso a desconfiança sobre o trabalho do treinador Gilson Kleina, começou a ser colocado em xeque tanto pela imprensa, quanto diretores esmeraldinos. Nesse meio tempo, estourou a bomba do atacante Walter sem conseguir entrar no peso ideal perdeu o carinho do torcedor ao ponto de vaiar o jogador após a derrota para Aparecidense em plena Serrinha. Walter não só perdeu espaço de líder de grupo para Léo Gamalho, como também a cabeça ao agredir o goleiro Mateus em um treino. No dia 7 de março, a novela se encerrou com sua demissão. Pronto, a crise não chegaria, pois nesse meio tempo, o time havia vencido o Goianésia por 4 a 2 e de quebra mostrando um grupo super fechado com o até então, super contestado treinador, Gilson Kleina, mas como o futuro a Deus pertence, no dia 8 de março, todos os esmeraldinos são pegos de surpresa com o afastamento do diretor de futebol Harlei Menezes. A imprensa de cima, apurando os fatos e colocando aquela velha pimenta. A crise batia de novo a nossa porta.

Mas como falei no início, a boa apresentação do time e a goleada contra o Cuiabá, fez com que os torcedores que estavam no Serra, cantarem e festejarem, como a tempos não fazíamos e mostrando que o torcedor esmeraldino quer mesmo é saber ver seu time dando show em campo e nós fazendo a festa na arquibancada. Se estamos pensando em Walter ou Harlei? Não, estamos pensando no jogo de sábado e já esperando mais uma grande apresentação.

J.Júnior.

1 Comentário Quero comentar!

  • Exatamente J.JÚNIOR Março começou quente, e alguns assuntos ainda vão render.
    Que hoje a equipe se apresente bem e consiga um bom resultado.

    Comentário by Wendll Faleiro — 11 de março de 2017 @ 14:31

Feed RSS para comentários sobre este post. TrackBack URL

Deixe um comentário